Obra valiosa de Maria Martins vai a leilão na Bolsa de Artes

Figura, escultura em bronze de Maria Martins é o lote mais valioso (entre R$ 250 mil e R$ 350 mil) do leilão que a Bolsa de Artes promove hoje à noite, a partir das 21 horas, no hotel Copacabana Palace, no Rio. São 138 lotes, com obras de arte contemporânea e moderna, entre os quais se destacam Manequins (entre R$ 250 mil e R$ 300 mil), raro óleo sobre tela figurativo de Iberê Camargo, e Moça, de Cícero Dias (entre R$ 180 mil e R$ 250 mil). Há também uma paisagem de Guignard (Ouro Preto, entre R$ 100 mil e R$ 150 mil)Entre os contemporâneos, detacam-se Beatriz Milhazes, Adriana Varejão, com pinturas, e o fotógrafo Vik Muniz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.