Obra reúne histórias solidárias

O primeiro passo da solidariedade foi dado pelo inglês Greg McQueen, que vive na Dinamarca. Tocado pela tragédia provocada pelo terremoto no Haiti, no início do ano, ele lançou um apelo na internet: queria reunir 100 histórias, não necessariamente sobre as tragédias, e publicá-las em um livro. A receita líquida seria destinada a organizações envolvidas na ajuda humanitária do país. Em pouco tempo, ele arrebanhou diversas contribuições, necessárias para formar o livro 100 Stories for Haiti (100 histórias para o Haiti).

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2010 | 00h00

"Fiquei impressionado com a mobilização e decidi ajudar não apenas as vítimas do Haiti mas também os desabrigados do Rio de Janeiro, Pernambuco e Alagoas", conta o jornalista Ricardo Costa, editor do site de informações Publish News. Também o retorno foi rápido - ao mesmo tempo em que recebeu sinal positivo de diversos autores, ele conseguiu o apoio da Garimpo Editorial, que se responsabilizou pela edição brasileira, e também da Visão Mundial, uma das maiores e mais respeitadas organizações de promoção de justiça e assistência do mundo, que se ofereceu para intermediar o envio da receita líquida aos projetos de auxílio nos dois países. União de esforços que resultou em Brasil-Haiti - 101 Histórias. Uma Esperança (256 páginas, R$ 25).

O livro traz 70 narrativas originais, cujo trabalho de tradução também foi voluntário. O restante são as contribuições nacionais, de autores como Moacyr Scliar, Antonio Carlos Secchin, Mauro Ventura, Galeno Amorim, Angela Dutra de Menezes entre outros. "Eu não tinha nenhum texto guardado - atualmente, com blogs, é difícil manter algo inédito -, mas decidi ajudar, criando rapidamente uma história que não tem necessariamente uma relação com a tragédia", conta Ramon Mello, autor das belas poesias de Vinis Mofados (Língua Geral).

Diferente da original, a edição brasileira também traz uma história extra, em quadrinhos. O livro está à venda no estande da Garimpo, na Bienal do Livro, e logo deverá chegar às grandes livrarias, que também aceitaram participar da causa. / U.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.