Obra infantil de Graciliano Ramos vira especial de TV

A única história infantil de Graciliano Ramos, A Terra dos Meninos Pelados, virou especial com quatro episódios na Globo. As gravações começaram há uma semana e vão durar mais duas. O estúdio é uma festa. Para contar como o menino Raimundo - careca à la Ronaldinho e com um olho de cada cor - aprende a respeitar as diferenças individuais, o diretor Mário Trigo (de Bambaluá e do Sítio do Picapau Amarelo) está desde a segunda-feira passada cercado de crianças entre 9 e 11 anos, na floresta estilizada em que se passa parte da história. "É preciso transformar a gravação numa brincadeira, sem perder o pulso", ensina Trigo. "Dirigí-los é fácil. Difícil é contracenar com elementos que não existem, que só virão na finalização, em computação gráfica."Esta é a característica do seriado, que deve virar DVD e pode chegar às telas de cinema, como O Auto da Compadecida e A Invenção do Brasil, de Guel Arraes. A história que se passa em dois níveis, a realidade, em que Raimundo sofre por ser diferente de seus coleguinhas, e na fantasia, em que todos são carecas como ele, animais falam e objetos têm vida própria. A computação gráfica é o recurso para criar essa ilusão, mas na gravação os atores contracenam com o nada e precisam acreditar no que não estão vendo.Herval Silveira, de 11 anos, foi escolhido, entre 300 meninos, para viver Raimundo. Sua experiência se restringia a pontas em Suave Veneno (foi o filho da vilã vivida por Letícia Spiller) e em Os Maias, mas ele até filosofa sobre contracenar com o que não existe. "É legal porque a gente mexe com a imaginação, mas é difícil porque não estamos acostumados a conviver com a fantasia, só com a realidade", comenta. Chato é ficar careca durante as três semanas de gravação. "Ainda não me acostumei." As outras crianças, no entanto, adoraram a nova aparência. Fernanda Carvalho e Amanda Ribeiro trocaram longas e cacheadas madeixas por um uma cabeça lisinha e Christian Zucolotto, estreante em televisão, gostou de ressaltar suas pintas naturais para viver o Sardento, menino que propõe uma lei obrigando que todas as crianças sejam como ele.A Terra dos Meninos Pelados tem ainda uma trilha sonora que foi encomendada a estrelas nacionais como Fernanda Abreu, Lenine, Pato Fu, Paulo Moska (que também vive um professor de música) e Gabriel, O Pensador, entre outros. "Serão dois a três clips por semana e nosso único pedido foi de música brasileira, mas com uma linguagem palatável às crianças", conta Trigo. O diretor musical, Márcio Lomiranda comemora o resultado que vai do samba (de Moska) ao rap, passando pelo rock e sons orientais. "Não sei se vão lançar a trilha do seriado, mas seria um CD lindo", adianta Lomiranda. "Cada músico caprichou como se fosse para o disco deles." As cenas da realidade de Raimundo começam a ser gravadas em uma cidade cenográfica no fim desta semana. Lá, Pedro Paulo Rangel vive um tio do menino, Paulo Moska, seu professor de música e Telma Reston, uma doceira. A Terra dos Meninos Pelados estréia no dia 21 de dezembro e terá episódios nos três domingos seguintes, às 13 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.