Obra de Wifredo Lam atinge recorde

VISUAIS

, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2010 | 00h00

O óleo sobre tela Les Abalochas Dansent Pour Dhambala, Dieu de L"Unité, que Wifredo Lam (1902-1982) pintou em 1970, foi vendido anteontem à noite por US$ 2.15 milhões no leilão de arte latino-americana da Sotheby"s de Nova York. O quadro marcou novo recorde para obra do artista cubano adquirida em leilão, seis meses depois que Sur les Traces (Transformation), pintado por Lam em 1945, foi vendido na mesma Sotheby"s por US$ 1,4 milhão. Com a maioria dos lances para todos os lotes feita por telefone, o segundo preço mais alto da noite foi para Nuestra Señora de Cajicá (1972), tela do colombiano Fernando Botero vendida por US$ 872,5 mil. / TONICA CHAGAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.