Obra de Picasso é recuperada em armazém de museu nos EUA

'Mulher sentada com um chapéu vermelho' nunca foi exposta ao público e será posta à venda

estadão.com.br,

17 de agosto de 2012 | 21h41

Um museu de Indiana, nos Estados Unidos, planeja pôr à venda em um leilão privado um quadro do pintor espanhol Pablo Picasso que esteve esquecido durante quase 50 anos em um armazém da instituição, que o catalogou como obra de outro autor.

O quadro, entitulado Mulher sentada com um chapéu vermelho, foi doado em 1963 ao museu de Evansville, que o marcou como uma obra de "Gemmaux", segundo informou a instituição em comunicado. O nome, na verdade, era o plural em francês de "gemmail", uma técnica de vidro que une diversas lâminas de cristal coloridas com esmalte e depois as trabalha com fogo.

Picasso, a quem se atribuem 50 obras de "gemmail" em sua carreira, criou Mulher sentada com um chapéu vermelho entre 1954 e 1956, segundo o museu. A obra nunca foi exposta.

A peça será vendida em breve em Nova York, pela Guernsey's.

Com informações da Efe

 
Mais conteúdo sobre:
picasso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.