Obra de arte registra Kazuo Ohno

O Instituto Tomie Ohtake foi o local escolhido para o lançamento do livro Kazuo Ohno (Cosac & Naify, 144 págs., R$ 69), com fotos de Emidio Luisi e organização de Inês Bogéa. O formato foi cuidadosamente elaborado por Raul Loureiro, o artista que recebeu prêmio da Unesco pela capa criada para publicação brasileira de obra de Goethe pela mesma editora Cosac & Naufy. Para o livro de Ohno ele preferiu usar o processo artesanal, costurado à mão, confeccionado em papel de curauá é envelopado como um origami. A edição única é bilíngüe, português e inglês, e conta com 16 pranchas avulsas com fotos coloridas. Emidio Luisi, um amante das artes cênicas, fotografou o ilustre artista em 1986. "Era a primeira vez que Kazuo Ohno estava no Brasil. Para mim ele era um mito. Eu sabia que antes da apresentação haveria um ensaio, mas também fui informado que não poderia fotografá-lo", lembra Luisi. Após o ensaio pediu autorização para o coreógrafo que estava na beira do palco. "Eu o acompanhei até o camarim e registrei todo o ritual de preparo, da maquiagem ao figurino. O clima de intimidade foi tamanho que nem os produtores interferiram. Após três horas de trabalho, consegui o que queria, saí sem assistir ao espetáculo, com a sensação de dever cumprido." Em 1997, quando o artista voltou ao Brasil, mais uma coincidência. "Fui à tarde conhecer o local das apresentações e me deparei com Kazuo. Ele estava diante de um ideograma em japonês, realizando uma performance. Capturei a cena e assisti ao espetáculo, completei um ciclo." A idéia de organizar o livro nasceu há um ano e meio, quando a pesquisadora Inês Bogéa conheceu o arquivo do fotógrafo. "Fiquei impressionada. Entramos em contato com a editora, que aprovou o projeto e comecei minha pesquisa". O livro traz entrevistas, depoimentos e indicações de sites e leituras. "O texto procura aproximar o leitor do universo singular de Kazuo, além de mostrar como a passagem dele pelo Brasil foi marcante", diz Inês. O lançamento do livro integra a programação do Leituras do Corpo Japonês 2, evento organizado pela Fundação Japão (Av. Paulista, 37, tel. 3141-0110). Para amanhã, dia do encerramento, estão previstas a exibição de vídeos e DVDs, além de uma palestra com a pesquisadora Christine Greiner. Kazuo Ohno - Fotografias de Emidio Luisi e textos de Inês Bogéa. Editora Cosac & Naify. 160 páginas. R$ 69,00. Hoje, às 19h30. Instituto Tomie Ohtake. Avenida Faria Lima, 201, tel.: 6844-1900

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.