Skip Bolen/Efe
Skip Bolen/Efe

Obama é o mais popular entre chefes de Estado no Twitter

Presidente dos EUA tem mais de 17 milhões de seguidores no microblog

Reuters

26 Julho 2012 | 10h14

GENEBRA - Pode algum líder competir com a popularidade de Barack Obama no Twitter? Com mais de 17 milhões de seguidores, @BarackObama é de longe a conta mais acompanhada das 264 avaliadas no "Twiplomacy", um estudo do uso do Twitter por chefes de governo, publicado pela empresa de relações públicas Burson-Marsteller, nesta quinta-feira, 26.

Veja também:

link Romney causa polêmica em visita ao Reino Unido

link Em viagem de campanha, Obama promete combate à violência armada

Obama foi o primeiro chefe de Estado a entrar para o serviço de mídia social e a empresa de RP disse que ele enviou o tweet mais popular dentre todos os líderes mundiais, dizendo: "Casais do mesmo sexo devem poder se casar". Sua popularidade é classificada em quinto lugar em todo o universo do microblog, e está atrás apenas do @britneyspears, de acordo com o estudo.

Mas apenas 1 por cento dos tweets da conta de Obama são respostas, colocando-o abaixo no ranking de líderes mundiais em termos de engajamento com o seu exército de seguidores.

Para uma conversa real, tente um líder africano como o @AmamaMbabazi, de Uganda, ou @PaulKagame, de Ruanda, cujos tweets são mais de 90 por cento de respostas, disse a companhia que realizou o estudo. Ou a conta do presidente da Venezuela @chavezcandanga, o segundo líder mais popular no Twitter, que responde a 38 por cento das mensagens.

Noventa e nove por cento dos líderes mundiais e de governos nunca enviaram nenhuma resposta, de acordo com o estudo da Burson-Marsteller.

Obama fica quase no final da lista com relação à conexão com outros líderes, apesar de ele superar o presidente russo Vladimir Putin, que não está seguindo nenhum de seus colegas.

O estudo diz que Obama está seguindo mutuamente apenas dois líderes: o primeiro-ministro norueguês Jens Stoltenberg e o ex-presidente russo Dimitry Medvedev, que foi um dos apenas três presidentes que já twitaram uma obscenidade.

Mais conteúdo sobre:
eleição dos EUA Barack Obama Twitter

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.