O universo simbólico da cruz no Museu de Arte Sacra

A Secretaria de Estado da Cultura informou que abrirá ao público a exposição "Crux, Crucis, Crucifixus - O Universo Simbólico da Cruz" no sábado, dia 12 de março, no Museu de Arte Sacra. De acordo com nota da secretaria, a exposição tem a colaboração do Mosteiro de São Bento de São Paulo e curadoria da historiadora Dalva de Abrantes e pretende explorar a riqueza do acervo do museu, mostrando a diversidade de técnicas, materiais e estilos da coleção.

AE, Agência Estado

10 de março de 2011 | 10h48

A mostra exibe cerca de 150 crucifixos do próprio acervo do museu e de outras instituições, formando um conjunto de símbolos religiosos e artísticos de diferentes períodos e estilos. Para o Secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo, a nova exposição do museu permite conhecer os significados da cruz e seu importante papel no Cristianismo e em diversas culturas. "Certamente permitirá ao visitante apreciar um objeto tido como comum, mas ali evidenciado como protagonista", diz, em entrevista à assessoria de imprensa da Secretaria.

O museu expõe imagens do século XVIII, como a do Cristo Crucificado, em madeira e aplicação de ouro, e do Senhor Morto, do século XVIII, uma escultura em cedro, encontrada no Vale do Paraíba. São destaques da exposição o crucifixo composto por cruz em madeira ornamentada em madrepérola, do século XIX e a imagem do Senhor dos Passos do Vestir, que mostra Cristo ajoelhado, vestido com roupa em veludo roxo bordado a ouro.

Crux, Crucis e Crucifixus - O Universo Simbólico da Cruz

Museu de Arte Sacra

Visitação: de 12 de março a 22 de maio (terça a domingo).

Horário: das 10h às 18h, com encerramento da bilheteria às 17h30.

Ingressos: R$ 6 e meia-entrada.

Localização: Avenida Tiradentes, 676 - Luz (próximo ao Metrô Tiradentes).

Telefone: 11 5627-5393

Site: www.museuartesacra.org.br

Tudo o que sabemos sobre:
exposiçãoMuseu de Arte Sacracruz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.