O tempo

A Lua será Vazia das 14h11 às 16h26

Oscar Quiroga, oscar.quiroga@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2011 | 00h00

Uma vez que a revolução industrial foi iniciada no fim do século 19 e a visão do mundo foi ajustada à eficiência produtiva, os seres humanos passaram a ser considerados engrenagens, meras extensões das máquinas. O tempo, assim, serve desde então para regular esse ciclo produtivo, ligando e desligando de acordo com os horários padrão e a semana útil, como se o restante dela fosse inútil. O tempo produtivo, no entanto, vai frontalmente de encontro às necessidades básicas do ser humano, cujos ciclos de interiorização e exteriorização da consciência não podem ser regulados como máquinas sem alma. Parte da profunda revolução em andamento consiste no melhor aproveitamento do tempo que tem, como hoje, nos períodos de Lua Vazia a oportunidade periódica de se despreocupar com a produção e se dedicar exclusivamente ao lazer.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Foram criadas polêmicas e todas as pessoas se sentem no direito de levantar a voz e se fazer ouvir. Essa condição vai provocar atrasos, mas não há outra saída a não ser aceitá-los e ouvir com atenção as críticas.

TOURO 21-4 a 20-5

Decisões difíceis foram tomadas e o resultado delas pesa sobre a consciência. Isso é inevitável e não seria sábio tentar fingir que as coisas não são assim, cobrindo-se de razões para evitar enfrentar a realidade.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Faça o melhor com as circunstâncias disponíveis, que não são perfeitas, mas são as que você tem. Fazer o melhor não é conformar-se com menos do que você poderia fazer, mas exigir de si um desempenho elevado.

CÂNCER 21-6 a 21-7

É preciso, por enquanto, movimentar-se de acordo com as circunstâncias, que andam mais alteradas do que nunca. Isso é quase como correr atrás do prejuízo, mas tenha certeza que a situação é passageira.

LEÃO 22-7 a 22-8

As certezas confortam mentalmente, porque assim sua alma se sente mais segura a respeito do que faz. Porém, esse conforto dura pouco, porque foi iniciado um ciclo complexo de circunstâncias que resulta de seus atos.

VIRGEM 23-8 a 22-9

A inteligência humana, porque criativa, é capaz de retorcer, distorcer e contorcer os fatos até eles se tornarem tão distantes da realidade que parecem o oposto do que são. Isso é maravilhoso, mas nem sempre muito sábio.

LIBRA 23-9 a 22-10

O efeito de todas as decisões e atitudes deve ser considerado temporário, válido enquanto as mesmas circunstâncias prevalecerem, o que tende a ser de curto tempo. Melhor preparar-se para os trancos e solavancos.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Repetir ideias à exaustão para se convencer de que está tudo certo ao fazer o errado não será suficiente, o destino não se engana, porque tem a eternidade do seu lado. O certo é certo e o errado é errado.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

É urgente provocar as reviravoltas pertinentes a cada caso, pois deixar o barco correr solto de acordo com o vento que soprar não seria sábio e provocaria problemas ainda maiores dos que se tenta solucionar atualmente.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

O pano de fundo da atualidade é um constante fluir de circunstâncias difíceis e complexas. É melhor se acostumar a isso e fazer amizade com essas condições, porque sobre essas você deverá fazer o melhor.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Seguir em frente ainda que não haja certeza que dure mais do que um instante, assim são as coisas na atualidade. Evidentemente, isso exige uma dose de coragem que poucas pessoas são capazes de assumir.

PEIXES 20-2 a 20-3

É inútil tentar achar uma solução simples, pois não há como pretender que um panorama amplo, complexo e sofisticado como o atual se possa resolver com simplicidade. Aliás, nada que é humano tende a ser simples.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.