´O Rei e Eu´ estréia em SP

Estréia amanhã em São Paulo a mais recente montagem do musical The King and I (O Rei e Eu), da dupla Rodgers e Hammerstein, dirigida por Daniel Stewart. No elenco, Jill Van Velzer, no papel da inglesa Anna, e Lego Louis, que interpreta o Rei Mongkut.Em cartaz ao redor do mundo desde junho de 1998, essa montagem de O Rei e Eu procura recriar o clima exótico e, ao mesmo tempo, exuberante descrito no texto de Hammerstein. O resultado, segundo Louis, é uma produção visualmente atraente. "Trata-se da união de uma boa história com música muito bonita e, no fim, alcançamos um trabalho visual deslumbrante." Um dos destaques dessa produção, que já ultrapassou a marca de 500 apresentações, é o resgate das coreografias originais de Jerome Robbins.Musicado em 1951, O Rei e Eu é baseado no romance Anna e o Rei do Sião, da americana Margaret Landon. O livro narra a história da viúva inglesa Anna Leonowens que chega a Bancoc, capital do Reino do Sião para ensinar inglês e filosofia ocidental para os membros da família real. Naturalmente, ocorre o choque com a tradição e a cultura oriental, do qual emerge uma discussão relacionada às diferenças entre homens e mulheres e aos ideais de liberdade ocidentais e orientais.Esse, aliás, é o ponto principal discutido por alguns críticos da peça, que já foi adaptada duas vezes para o cinema. A visão paternalista, aliada a um sentimento de superioridade nutrido pelo mundo ocidental, sugere uma visão política e cultural colonialista hoje bastante difícil de aceitar.Para Louis, no entanto, isso não interfere na beleza da peça. "O musical não tem a necessidade de se ater aos fatos, uma vez que trata de algo muito maior que a história, que é o mito que cerca a idéia de um romance", diz o ator, que ressalta também, que a peça não tem intenção nenhuma de ser fiel à história. "O Rei e Eu não é definido pela história, mas, sim, por aspectos de ordem mística, como o amor."The King and I. Musical. De Rodgers e Hammerstein. Direção Daniel Stewart. Quinta e sexta, às 21h30; sábado, às 16h e 21h30; domingo, às 15 e 20 horas. De R$ 25 a R$ 100. Credicard Hall. Avenida das Nações Unidas, 17.955, em São Paulo, tel. 0-XX-11 5643-2500. Até 28/5.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.