O professor Domício Proença Filho vence eleição da ABL

Por 21 votos a 16, o professor Domício Proença Filho derrotou no final da tarde desta quinta-feira o ex-ministro Célio Borja na disputa pela cadeira número 28 da Academia Brasileira de Letras (ABL). A vaga foi aberta em 31 de novembro passado, com a morte do ex-ministro Oscar Dias Corrêa. Professor titular e emérito de Literatura na Universidade Federal Fluminense, Proença Filho tem dezenas de livros publicados, entre os didáticos, o mais conhecido é Estilos de Época na Literatura, de 1978. Proença Filho é também romancista, poeta, crítico literário e filólogo. É autor ainda dos títulos: O Cerco Agreste (1979) O Livro do Seminário (1982) Dionísio Esfacelado: (Quilombo dos Palmares) (1984) Oratório dos Inconfidentes (1989) Breves Estórias de Vera Cruz das Almas (1991) Estória da Mitologia - O Cotidiano dos Deuses (1995) Capitu - Memórias Póstumas (1998) A Linguagem Literária (1999) Pós-Modernismo e Literatura (1999) Eu, Zeus (2000) Nós, as Deusas do Olimpo (2000)

Agencia Estado,

23 de março de 2006 | 18h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.