O PRÍNCIPE GANHA VERSÃO EM MANGÁ

O Príncipe, escrito por Nicolau Maquiavel em 1513 e considerado um tratado de política, se transformou em mangá, o comic japonês. A Herder Editorial, da Espanha, resolveu seguir o êxito que tem sido a publicação de mangás filosóficos no Japão. Por exemplo, o livro O Capital, de Karl Marx, teve mais de 129 mil exemplares vendidos. O mesmo sucesso ocorreu com obras do filósofo alemão Friedrich Nietzsche e do poeta italiano Dante Alighieri. A edição de O Príncipe é toda feita em preto e branco tal o traçado tradicional do comic japonês. Maquiavel (1469-1527) escreveu a obra em referência

O Estado de S.Paulo

25 de março de 2012 | 03h08

a Lorenzo de Médici. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.