"O Pensador", de Rodin, chega ao Rio

O Pensador, do escultor francês Auguste Rodin, já está no Rio de Janeiro. Uma das 21 réplicas autorizadas pelo museu que reúne a sua obra, exatamente como a que fica em Paris, chegou ao Museu de Arte Moderna do Rio, onde ficará exposta a partir de terça-feira, antes de viajar para São Paulo (Pinacoteca do Estado), Curitiba (Museu Niemeyer) e Salvador (Museu de Arte Moderna).São 800 quilos de bronze, medindo 1,90m de altura, que foram trazidos de avião na terça-feira. A embalagem só foi retirada nesta quarta, após cumpridas as exigências dos ministérios da Fazenda e da Cultura da França e do Brasil.?A estratégia para dar segurança a essa operação foi mantê-la em segredo. Ninguém sabia quando ia chegar, mas todo mundo perdeu fôlego quando viu de perto?, disse Romaric Sulgerbuel, responsável pela turnê da escultura pelo País. A estátua ainda está no chão porque seu pedestal original, que pesa cinco toneladas, ficou em Paris, e foi preciso construir um novo no Brasil. Mesmo assim impressiona, e já causou admiração.O Pensador foi criado originalmente em tamanho pequeno para ficar em cima d?A Porta do Inferno, uma das principais obras de Rodin, de 1884. Em 1904, o escultor decidiu ampliá-la para sua medida atual, e apresentou a primeira cópia em bronze. Depois foram feitas mais 20 cópias, que estão espalhadas pelo mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.