O Oscar de Damon e Affleck

Misto de professor e terapeuta, Robin Willians apóia jovem talentoso, encaminhando Will Hunting, que resolve problemas de matemática como ninguém, para a universidade. Oscar de roteiro para Matt Damon, que faz Will, e Ben Affleck, que também está no filme. Relativamente decepcionante, considerando-se que o diretor Van Sant havia feito antes Drugstore Cowboy e Garotos de Programa. Ele quase não ousa, acomodando-se à dramaturgia tradicional do roteiro, mas esse filme parece obra-prima perto do que fez depois - Psicose, a versão clonada, mais que um remake, do cult de Alfred Hitchcock.

Agencia Estado,

18 de dezembro de 2000 | 10h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.