O ódio

Marte e Plutão em quincunce; a Lua continua minguando em Aquário.

astro@o-quiroga.com, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2010 | 00h00

Quando tomado pelo ódio e irritação, o ser humano considera a si mesmo forte e guiado pela mão da justiça. Porém, se fôssemos capazes de enxergar o mundo sutil em que esse humano existe, perceberíamos com clareza sua impotência. O ódio e a irritação atraem grande quantidade de pequenas entidades que se alimentam dessas emanações, instigando o ser humano a continuar produzindo-as. O ódio não tem justificação nem tampouco é guiado pela justiça, provoca mal a quem o experimenta e dissemina mal a todas as pessoas, especialmente àquelas que sejam mais próximas. Evidentemente, há toda uma corrente odienta circulando à solta pela civilização e milhares de pessoas escravas da mesma, todas se achando justas e mais fortes e esclarecidas que as outras.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Quando todo mundo perder a cabeça e não souber o que fazer, entre você em campo com pleno domínio e conhecimento da situação, tomando as decisões que as outras pessoas temem. Essa será sua demonstração de poder.

TOURO 21-4 a 20-5

A velocidade nem sempre faz as pessoas chegarem ao destino com mais rapidez. Veja senão a fábula da lebre e a tartaruga, não é? Fábulas são formas poéticas de transmitir verdades fundamentais, de sabedoria prática.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

De tanto pensar, a cabeça parece que vai explodir. Neste momento, não será de grande ajuda fazer reflexões tão profundas e complexas, já que você não possui todas as informações que serviriam ao esclarecimento.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Para que o relacionamento que mais interessar a você não se transforme num labirinto onde vocês se percam a maior parte do tempo, será necessário dar pistas continuamente em que lugar do mesmo você se encontra.

LEÃO 22-7 a 22-8

Quando quiser explicar como algo precisa ser feito, faça isso por meio do exemplo, porque as palavras seriam incompreendidas. Concentre-se hoje e amanhã na realização de tarefas pequenas e crie exemplo a partir disso.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Só as aranhas conseguem montar uma teia e navegar com destreza na mesma. Os humanos pretendem agir como aranhas, mas não possuem a mesma destreza e eles acabam caindo nas armadilhas que estendem aos outros.

LIBRA 23-9 a 22-10

Preserve a segurança e o bem-estar mínimos para que as situações que você tenha de enfrentar hoje e amanhã não causem tanto desgaste. Pretender que tudo seja solucionado definitivamente não seria sábio neste momento.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Certamente, não há nenhuma conspiração em andamento para você perder a paciência. Porém, as coincidências são tantas que será inevitável pensar em conspiração. O que será que significa tudo isso? Pense bem.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Desculpas e justificativas não farão com que as tarefas sejam realizadas. Assuma o eventual atraso e,

a seguir, ponha mãos à obra, porque só o esforço concreto será eficiente para completar essas tarefas.

CAPRICÓRNIO 21-12 a 20-1

É tentador assumir riscos maiores tendo em vista recompensas grandiosas. Porém, há de se levar em conta o tempo certo para isso, porque de outra forma os riscos não levariam a absolutamente nada.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Segredos expostos evocam um estresse emocional que precisará ser superado com rapidez. Considere que a exposição não foi provocada intencionalmente, mas resultado de coincidências fortuitas, só que não afortunadas.

PEIXES 20-2 a 20-3

A esperteza impera nos relacionamentos humanos. Porém, assim vão as coisas, cada vez mais difíceis para todo mundo enquanto na outra margem acenam as facilidades e riqueza que a colaboração mútua poderia estabelecer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.