O mensageiro estelar

Mercúrio ingressa em Gêmeos; a Lua míngua em Aquário

Oscar Quiroga, O Estado de S.Paulo

20 Junho 2011 | 00h00

Nossa humanidade contempla estarrecida as instituições governamentais promoverem leis que protegem os criminosos e afirmam de uma vez por todas que não se deve esperar justiça. Porém, o que à primeira vista pareceria o fim do mundo é também o sinal necessário para que se torne concreto o advento do mensageiro estelar, aquele ser encarnado que caminha entre nós brindando com instrução em todo momento da história em que o Plano Universal sofre ameaça de extinção. A regra do jogo evolutivo de nossa humanidade é o livre-arbítrio, porém, há também o círculo infranqueável do Plano Universal e, quando nosso livre-arbítrio o ameaça, surge entre nós encarnado o mensageiro estelar a nos brindar com instrução e esperança. Só não se pode esperar que ele faça tudo por nós, cada alma deve empreender sua luta.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Algumas conversas duras e difíceis precisarão ser desenvolvidas nos próximos tempos. Busque palavras eficientes, que promovam a superação das discórdias em vez de seu aprofundamento. Isso não é fácil, mas é possível.

TOURO 21-4 a 20-5

Liberte-se de objetos acumulados que só acumulam poeira e consomem recursos em manutenção. Limpe a área para futuramente ter o prazer de adquirir novos e melhores objetos. Chegou a hora de pôr em prática a reciclagem.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Conte com dias mais nervosos pela frente, o que recomenda cuidado com o destempero e a impulsividade. O nervosismo pode trazer bons resultados, desde que concentrado em atividades decentes e produtivas.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Conter seus impulsos pode não ser nada fácil perante as circunstâncias atuais, que parecem ameaçadoras, porém, seria a melhor atitude, a mais sábia. Conter impulsos não é recalcá-los, mas protelar sua expressão.

LEÃO 22-7 a 22-8

Algumas discussões se tornaram inevitáveis, mas não necessariamente devem transformar-se em brigas ou discordâncias insuperáveis. A inevitabilidade delas consiste na oportunidade de encontrar um ponto em comum.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Avance com firmeza, mas com a alma desprovida de agressividade. A firmeza doce e leve é eficiente, quebra todas as barreiras. A firmeza agressiva produz resistências e perde tempo se envolvendo em brigas.

LIBRA 23-9 a 22-10

Discordar pode ser um exercício saudável quando sua alma se vê perante situações que ameacem os princípios básicos de justiça e ética. Discordar firmemente nesses momentos é o mínimo que uma alma deve fazer.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Parece tudo a postos para você fazer suas intervenções e quebrar o suspense. Parece, mas nada garante que este seja o momento mais propício para você entrar em campo. Antes de agir, cuide da retaguarda.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Em vez de atracar-se com as pessoas que lhe fazem oposição, procure diminuir a importância delas com divina indiferença. Quanto mais atacarem você, mais faça cara de panorama como se não estivesse nem aí.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

No momento de você perceber quanto perturbam os pequenos afazeres cotidianos que requerem atenção, em vez de ceder ao enfado, se concentre e realize em pouco tempo o que com mau humor tomaria tempo demais.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

De vez em quando satisfazer algum pequeno capricho não deveria ser considerado um pecado nem tampouco sério deslize na direção da futilidade. Entre o céu e a Terra tudo é difícil, por que não facilitar?

PEIXES 20-2 a 20-3

As tensões domésticas não devem atrapalhar seu raciocínio, você pode decidir passar por elas o mais rapidamente possível lhes dando a verdadeira dimensão, que não é muito grande. Tudo depende de sua decisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.