O melhor de Kurosawa, duplo no TCM

O melhor de Kurosawa, duplo no TCM

Maria Madalena

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2010 | 00h00

14H15 NO SBT

(Maria Maddalena). Itália, 1999. Direção de Raffaele Mertes, com Maria Grazia Cucinotta, Massimo Ghini.

Maria Grazia Cucinotta esteve na cidade em outubro, esbanjando sensualidade e beleza na Semana Pirelli de Cinema Italiano. A musa de O Carteiro e o Poeta encarna Maria Madalena neste drama bíblico que se beneficia do clima religioso da Semana Santa. São tantas as elucubrações sobre o relacionamento "íntimo" entre Jesus e ela (Dan Brown e cia.) Veja como o diretor Mertes trata o assunto. Reprise, colorido, 90 min.

Pateta ? O Filme

16 H NA GLOBO

(A Goofy Movie). EUA, 1995. Direção de Kevin Lima.

Animação com o personagem da Disney. Pateta integra a turma de Mickey e o diretor Lima é o homem por trás do sucesso de Os 101 Dálmatas, a versão live action, com Glenn Glose. Reprise, colorido, 78 min.

A Paixão de Cristo ? Parte 1

22H15 NA BANDEIRANTES

(The Passion ? Part I). Inglaterra, 2008. Direção de Michael Offer, com Joseph Mawle, Roger Ashton-Griffiths, Ben Caplan, Ben Daniels, Tom Ellis.

A Band começa a exibir hoje este épico bíblico, dividido em duas partes, contando a história de Jesus Cristo. A crucificação e a ressurreição ficam para amanhã, Sexta-Feira Santa, no gran finale. O diretor Offer tem prestígio na BBC e seu filme ganhou elogios como retrato acurado de época, tentando levar ao espectador o que ocorreu na Judeia, naquela semana em que um pregador do deserto, chegando a Jerusalém, provocou comoção entre os sacerdotes do grande templo. Reprise, colorido, 88 min.

Intercine

1H40 NA GLOBO

A emissora exibe o preferido do público entre ? Romeu + Julieta, de Baz Luhrmann, segundo filme da "trilogia da cortina vermelha" do diretor australiano, que transpõe a tragédia lírica de Shakespeare para a praia de Venice, na Califórnia, com Leonardo DiCaprio e Claire Danes na pele dos amantes imortais, e Nove Meses, de Chris Columbus, com Hugh Grant, Julianne Moore e Jeff Goldblum, sobre casal em crise por causa de uma gravidez inesperada; Robin Williams rouba a cena como o obstetra russo à beira de um ataque de nervos.

Amanhã

A Globo exibe amanhã, no Intercine, o preferido entre Tudo por Amor, de Joel Schumacher, com Julia Roberts, Campbell Scott, Vincent D"Onofrio, Colleen Dewhurst e Ellen Burstyn, sobre jovem terminal que se apaixona, mas a família de ricaços teme que a garota esteja só querendo tirar proveito da situação (EUA, 1991, fone 0800-70-9011); e O Rei da Água, de Frank Coraci, com Adam Sandler, Kathy Bates e Fairuza Balk, sobre o garoto que serve água aos atletas de um grande time. Hostilizado pelo novo treinador, ele vai parar no time adversário, do qual vira jogador e agora vai para a final, com chance de vencer (EUA, 1998, fone 0800-70-9012).

TV Paga

Yojimbo

22 H NO TCM

(Yojinbo). Japão, 1961. Direção de Akira Kurosawa, com Toshiro Mifune, Tatsuya Nakadai, Yoko Tsukasa. Reprise, preto e branco, 100 min.

Os Sete Samurais

23H50 NO TCM

(Shichinin no Samurai). Japão, 1954. Direção de Akira Kurosawa, com Takashi Shimura, Toshiro Mifune, Yoshio Kosugi, Yukiko Shimazaki. Reprise, preto e branco, 106 min.

Completaram-se dia 23 de março 100 anos de nascimento de Akira Kurosawa e o canal de clássicos homenageia o grande diretor japonês com um programa duplo formado por dois de seus maiores filmes. Serão exibidos fora de ordem cronológica de produção. Ambos influenciaram o cinema ocidental e tiveram remakes na Itália e nos Estados Unidos.

Yojimbo era o filme preferido do personagem de Kevin Costner em O Guarda-Costas. Toshiro Mifune faz o samurai errante que chega a vilarejo e enfrenta o bando de Tatsuya Nakadai. O personagem do estranho sem nome ? a cena em que o herói, interpelado, escolhe rapidamente como quer ser chamado, é inesquecível ? deu origem ao ambíguo pistoleiro de Clint Eastwood nos spahetti westerns de Sergio Leone, Por Um Punhado de Dólares e Por Uns Dólares Mais.

Os Sete Samurais ganhou o prêmio especial do júri em Veneza. Conta a história de camponeses que contratam samurais para enfrentar o bando que está roubando suas colheitas. O filme ganhou uma versão de western dirigida por John Sturges, Sete Homens e Um Destino, com Yul Brynner no papel que é interpretado por Takashi Shimura. Mestre do paradoxo e do movimento, Kurosawa atinge aqui uma espécie de equilíbrio entre ação e reflexão. O recorte é humanista e a cena do combate sob a chuva vale sozinha como demonstração das excepcionais qualidades narrativas do cineasta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.