O lugar-comum da genialidade!

Valdevino & Juvenal

Tutty Humor, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2013 | 02h10

A grande novidade nas festas juninas deste ano deve ser o casamento gay na roça. As quadrilhas vão continuar do mesmo jeito!

O beabá do aecês

A classe C aprende rápido, mas o

Aécio Neves também pode explicar melhor que diabos quer dizer com

"o Brasil precisa de foco na gestão", um de seus bordões preferidos na

propaganda política na TV.

Dúvida cruel

Afinal de contas, o prefeito Eduardo Paes ganhou ou perdeu votos ao

socar o sujeito que o ofendeu em

restaurante no Rio? Há controvérsias!

Falha técnica

O fim do mundo não sabe onde errou: passa bem o bebê resgatado em cano de esgoto na China.

Torcida

Tomara que o arrastão predominante na Parada Gay de domingo na Av. Paulista seja o da malha de meia preferida dos travestis e transexuais.

Credibilidade

Depois de abrir processo

criminal contra o ursinho

Ted por atentado ao pudor

e apologia às drogas, o deputado Protógenes Queiroz voltou ao

noticiário acusando a

subprocuradora-geral da

República, Cláudia Sampaio,

de receber propina de banqueiro encalacrado!

Link duvidoso

Tem SPAM novo circulando

na internet brasileira: "Em vez

de esperar pelo crescimento

do País no próximo trimestre,

aumente seu PIB!".

Sinceramente, não sei se é bom ser Sebastião Salgado! Pode parecer pura inveja da genialidade indiscutível do fotógrafo brasileiro que o mundo consagrou - o cara lá fora é quase do tamanho do Pelé e do Niemeyer -, mas sabe lá o que é conviver com a exaltação de seu talento a cada conversa, entrevista, jantar, festa, sessão de pilates, cafezinho, caminhada na praia ou encontro fortuito em qualquer parte do planeta?

Deve ter horas em que nem o Sebastião Salgado aguenta ser tão genial quanto os outros dizem! Elogios rasgados, declarações apaixonadas, lindo, exuberante, maravilhoso, emocionante, divino, só ouve coisas assim por onde quer que passe.

Ele merece, mas, como não há virtude no ser humano que ainda não tenha sido exaustivamente destacada em Sebastião Salgado, o pessoal acaba passando dos limites na tentativa de ser original na rasgação de seda.

Imagina o que ele não ouviu ontem ao abrir no Jardim Botânico do Rio a exposição Genesis! Não é fácil!

Tudo o que sabemos sobre:
Tutty

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.