O jeito drexler de gravar cd

Mais pop e menos introspectivo. Assim o uruguaio Jorge Drexler mostra seu novo trabalho Amar La Trama. Um típico cantautor (escreve, compõe e canta suas músicas), Drexler continua afiado nos versos e competente nas composições. O disco foi gravado ao vivo no estúdio, ou seja, todos os músicos tocando juntos, dispostos em círculo e com uma pequena plateia. Com essa escolha, Drexler domina a performance e traz mais emoção do que as gravações tradicionais.

Regis Salvarani, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2010 | 00h00

Jorge Drexler começou a ficar conhecido no Brasil com a trilha sonora do filme Diários de Motocicleta, de Walter Salles, que lhe rendeu um Oscar de melhor canção. Desde então, já fez vários shows por aqui, trocou muitas figurinhas com músicos brasileiros e até manifestou vontade de se mudar pra cá.

O reflexo disso também está no disco, com mais percussão, arranjos de metais influenciados por coisas de Kassin e Marcelo Camelo e até uma música dedicada à Moska, Aquiles Por Su Talon Es Aquiles. Além disso, ele já confessou ser muito influenciado por João Gilberto. Na Rádio Eldorado FM (92, 9 - SP), você já ouve uma pequena amostra do pop latino de qualidade contido no novo álbum de Jorge Drexler: a música Una Cancion Me Trajo Hasta Aqui.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.