O. J. Simpson tem pedido por novo julgamento negado nos EUA

O pedido de O. J. Simpson por um novo julgamento foi negado por um tribunal de Nevada nesta terça-feira, mantendo assim a condenação do ex-astro de futebol americano por roubo, sequestro e outras acusações, que o deixarão preso pelo menos até 2017, disse a advogada do ex-atleta.

ALEX DOBUZINSKIS, Reuters

27 de novembro de 2013 | 17h55

Simpson, 66 anos, alegava que o seu advogado na época da condenação, em 2008, havia o representado de forma inadequada.

Simpson foi inocentado em 1995 da acusação de ter assassinado a sua ex-mulher Nicole Brown e um amigo dela, Ronald Goldman.

Em 2008, ele foi sentenciado a 33 anos de prisão por conta de um roubo a dois negociadores de relíquias esportivas num hotel em Las Vegas.

Tudo o que sabemos sobre:
GENTESIMPSONNOVOJULGAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.