O Inferno de Siegel e Steve McQueen

Evolução

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

05 de outubro de 2010 | 00h00

15H40 NA GLOBO

(Evolution). EUA, 2001. Direção de

Ivan Reitman, com Michael Bower, Wayne Duvall, David Duchovny,

Julianne Moore, Orlando Jones,

Seann William Scott.

Meteorito cai na Terra carregado de micro-organismos que se multiplicam e transformam numa ameaça para a humanidade. O Exército prepara-se para enfrentar a ameaça, sob a supervisão da cientista Julianne Moore. Mistura de ficção científica e comédia, a cargo de um diretor que algumas vezes acertou. Mas não se pode dizer que Ivan Reitman estivesse, aqui, com a corda toda. Julianne, grande atriz dramática, também não tem muito timing de comédia, mas algumas cenas, de tão absurdas, conseguem ser engraçadas. Reprise, colorido, 101 min.

A Vingança do Homem

Chamado Cavalo

22 H NA REDE BRASIL

(The Returno of a Man Called Horse). EUA, 1976. Direção de Irvin Kershner, com Elliot Silverstein, Claudio Brook, Enrique Lucero, Gale Sondergaard.

No segundo filme da série, o aristocrata inglês volta ao Velho Oeste. Desiludido com a vida na Europa, espera recuperar a integração dos índios com a natureza, mas o mundo mudou, as terras dos peles vermelhas foram ocupadas pelos brancos, eles estão sendo dizimados e caberá ao personagem de Richard Harris tentar dar um basta nisso. Um raro caso em que a sequência é melhor do que o original. Qual é a surpresa? Kershner é, sempre foi, melhor diretor do que Elliott Silverstein (que fez Um Homem Chamado Cavalo de 1970). Basta ver seu currículo, desde o genial Sublime Loucura e O Amor É Tudo até seus filmes de grande espetáculo, começando com O Império Contra-Ataca, na série Star Wars. Reprise, colorido, 125 min.

O Vingador

23H10 NO SBT

(A Man Apart). EUA, 2003. Direção de F Gary Gray, com Vin Diesel, Larenz Tate, Timothy Olyphant, Geno Silva.

Vin Diesel e Larenz Tate fazem policiais que combatem o tráfico na fronteira mexicana. Eles conseguem prender o criminoso mais poderoso da região, mas o cara se vinga mandando matar a mulher de Tate. E começa a guerra. Fãs de Vin Diesel sabem que o negócio dele é pauleira. Repare no elenco de apoio. Timothy Olyphant já era bom em Hitman - Assassino 47. O "estouro" ocorreu na série de TV Deadwood. Reprise, colorido, 92 min.

Aconteceu na Primavera

1H30 NA REDE BRASIL

(Fiorile). Alemanha, 1993. Direção de Paolo e Vittorio Taviani, com Claudio Bigagli, Galatea Ranzi, Michael Vartan, Lino Capolicchio.

Começando na época atual, o filme reconstitui 200 anos da saga de uma família toscana, desde a época de Napoleão. Vítimas de uma maldição, os Benedetti viram os Maledetti. Tudo dá errado com eles e agora o último varão volta para casa, com a mulher e os filhos, para tentar reverter a situação. Até quando são ruins, os filmes dos irmãos Taviani são bons. Este é impressionante, maravilhoso, à altura dos grandes clássicos dos irmãos italianos - Pai Patrão, A Noite de São Lourenço e Caos. Reprise, colorido, 112 min.

Intercine

2H05 NA GLOBO

A emissora exibe o preferido do público entre - O Diabo Veste Azul, noir de Carl Franklin, com Denzel Washington como veterano de guerra que virou detetive e é contratado para encontrar mulher que teria desaparecido na comunidade negra (e ela é a "fatal" Jennifer Beals); e Ratos em Nova York, terror de John Lafia, sobre clientes de loja de departamentos que ficam presos no local, à mercê de ratos geneticamente modificados e assassinos.

Amanhã

A Globo exibe amanhã, no Intercine, o preferido do público - Gatos Numa Roubada, de Gregory Poirier, com Shannon Elizabeth, Jerry O"Connell e Jake Busey, sobre cartunista que deve dinheiro a dono de cassino de Las Vegas, que lhe faz a seguinte proposta: convencer determinado sujeito a se casar em 30 dias, mas a situação se complica quando se envolve justamente com a noiva do cara (EUA, 2001, fone 0800-70-9011); e Disfarce Perigoso, de Aaron Norris, com Chuck Norris como policial traído pelo parceiro e troca de identidade para bater e arrebentar (EUA, 1991, fone 0800-70-9012).

TV Paga

O Inferno É para os Heróis

14 H NO TELECINE CULT

(Hell Is For Heroes). EUA, 1962. Direção de Don Siegel, com Steve McQueen, James Coburn, L.Q. Jones, Harry Guardino, Fess Parker.

Guerra na Europa - grupo de soldados americanos resiste a numeroso pelotão nazista. Sam Fuller, com seu conceito de que na guerra não há heróis, mas sobreviventes, não teria feito um filme melhor do que este do grande Siegel. Steve McQueen é todo carisma. Reprise, preto e branco, 90 min.

A Sombra de Uma Dúvida

22 H NO TCM

(Shadow of a Doubt). EUA, 1943. Direção de Alfred Hitchcock, com Joseph Cotten, Teresa Wright, Henry Travers.

Um dos filmes preferidos pelo próprio mestre do suspense. Cotten faz assassino de viúvas e Teresa Wright é a sobrinha que desconfia de que ele não é a boa pessoa que aparenta ser. Hitchcock dizia que esse era seu filme mais "verossímil". Podia até ter razão, mas não é o melhor, em todo caso. Reprise, preto e branco, 108 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.