'O Grito' será leiloado em Nova York

Uma das quatro versões de O Grito, obra-prima de Edvard Munch, será leiloada neste semestre, em Nova York. A casa de leilões Sotheby's estima que o trabalho, um símbolo da ansiedade moderna, será vendido por US$ 80 milhões ou mais - uma das quantias mais altas já oferecidas por uma pintura. O quadro, que retrata um homem que grita de baixo de um céu vermelho, será vendido pelo empresário norueguês Petter Olsen, cujo pai era amigo e mecenas de Munch. Esta é a única versão de O Grito ainda em domínio particular. / AP

O Estado de S.Paulo

22 Fevereiro 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.