O gozo maior

Vênus e Netuno em oposição; a Lua míngua em Touro

Oscar Quiroga, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2011 | 00h00

Quem poderia criticar ou julgar severamente a frenética busca de prazer e conforto de nossa humanidade? Especialmente nos dias de hoje, em que as perturbações da civilização decadente produzem estresse minuto a minuto, nossa humanidade de raciocínio simplório só consegue enxergar refresco nos prazeres da carne ou na aquisição de bens e objetos. Por que criticar? Contudo, está disponível um gozo maior, que transcende o conhecido, que vai além, inclusive, da perspectiva de o prazer se tornar o contrário, como normalmente acontece no dia seguinte das satisfações carnais ou do endividamento produzido pelas compras. Na subjetividade, que é onde nossa humanidade estabelece íntimos vínculos com os seres que chamamos de espirituais, está a fonte da Vida de nossas vidas, a Glória de nossas almas.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Contentar-se não é o mesmo que se conformar com pouco. O contentamento é o equilíbrio que a alma dispõe para não se deixar carregar nas asas desproporcionais da cobiça, que inexoravelmente conduz à derrota.

TOURO 21-4 a 20-5

É necessário ter um pouco de malícia agora, porque a realidade se tornou complexa demais para a ingenuidade proteger sua alma. Mas que a sua alma fique atenta para não se contaminar irremediavelmente de malícia.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Fazer o certo na atualidade pressupõe uma dose de sacrifício que, em

outros tempos, teria sido impensável. Porém, as condições são complexas o suficiente para sua alma intuir que é necessário sacrificar-se.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Quando chega a hora da conquista, a alma se pergunta com quem irá compartilhar o momento. Sobrevém a solidão, que não é ruim em si mesma, porque atualiza a consciência de que a verdadeira vitória consiste em compartilhar.

LEÃO 22-7 a 22-8

Em vez de buscar estar no controle de tudo, situação impossível nas condições atuais do mundo, procure navegar com destreza se adaptando a tudo que acontecer, na medida dos acontecimentos. Adote mais ginga!

VIRGEM 23-8 a 22-9

Manter a cabeça no lugar quando todo o mundo a perde, isso é sinal de poder. Porém, que isso não sirva para sua alma se convencer de estar no controle de tudo, porque essa seria uma condição impossível no momento atual.

LIBRA 23-9 a 22-10

A verdadeira autoridade emana de dentro e se mostra na prática através das almas que reconhecem a melhor maneira de satisfazer as necessidades do momento. Todas as outras partem para a ignorância e demonstram autoritarismo.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Tome seu tempo, porque tudo que for administrado às pressas provocará problemas maiores ainda daqueles que você tentaria solucionar. A pressa é amiga da ansiedade, uma que você nunca deve usar de conselheira

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Dependendo das circunstâncias, o ritmo tresloucado continuará e não há previsão de mudança. Nesse caso terá de ser você, aplicando força de vontade, a alma que assuma o comando e conduza tudo ao destino desejado.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

É tudo uma questão de estratégia. Você não deve abrir mão dos princípios que sempre nortearam os seus passos, mas no momento será sábio criar uma estratégia mediante a qual pareça que você faz concessões.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

A falta de sabedoria com que as pessoas tentam resolver seus problemas faz com que promovam contrariedades e as disseminem generosamente através dos relacionamentos. Neste momento, essas pessoas precisam de compaixão.

PEIXES 20-2 a 20-3

Desta vez, em vez de esperar para ver o que vai acontecer, tome você a liderança e dê os passos necessários para promover dinâmica. Quanto mais movimentada estiver a sua vida, melhor será a passagem por este momento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.