O domínio da mente

Mercúrio e Saturno em trígono; a Lua atinge a fase quarto crescente em Touro

Quiroga, astro@0-quiroga.com, O Estado de S.Paulo

10 de fevereiro de 2011 | 00h00

A mente é como o vento, difícil de sujeitar. Porém, tentar dominar esse instrumento fabuloso é o maior desafio de nossa humanidade, superando conceitos inúteis que não servem a esse propósito. Imagina-se que a mente seja como um computador que processa informações e toma resoluções. A mente é isso, mas não somente, pois é nela que se faz a interligação de vários mundos, alguns conhecidos e experimentáveis cotidianamente pela nossa humanidade, enquanto outros são ainda invisíveis e motivadores de toda espécie de receio, já que tememos o que imaginamos desconhecer. Na verdade não desconhecemos esses mundos e os tememos justamente porque ameaçam o castelo de realidades imaginárias e ilusórias que fundamentam nossa civilização.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Ainda que tudo pareça aberto e convidativo para você acelerar e fazer as coisas do seu jeito, será preferível observar melhor a realidade e perceber que neste momento é mais importante colaborar do que competir.

TOURO 21-4 a 20-5

O poder é sedutor, mas quem cair na tentação deverá ter presença de espírito suficiente para suportar o rojão que vem junto com ele. O poder é sedutor, mas na prática complica a vida das pessoas que o assumem.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Melhor passar por uma experiência que provoque desagrado que ficar eternamente imaginando como teria sido passar por ela. Nossa humanidade só pode tornar-se sábia na prática, a partir das experiências.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Atitudes injustas e autoritárias devem ser combatidas com todo vigor. Porém, se o vigor exercido não for realmente provocado por verdadeiras injustiças, então será sua alma

a que executará a injustiça.

LEÃO 22-7 a 22-8

Durante um tempo a sua alma se sentirá abaixo do que merece, mas na prática isso servirá para você tomar atitudes que facilitem a vida de todo mundo. Será tentador fazer o contrário, mas não seria sábio cair nessa.

VIRGEM 23-8 a 22-9

É tentador usar recursos para divertir-se e viver a ilusão da riqueza. Porém, na prática existem assuntos muito mais graves e urgentes para a sua alma administrar, mediante os quais mostraria seu verdadeiro valor.

LIBRA 23-9 a 22-10

Reconhecer o mal é também adquirir a chance de cortá-lo pela raiz. Num primeiro momento, isso gera emoções difíceis de administrar, mas certamente o seguinte passo será readquirir a leveza que sua alma tanto aprecia.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Você já passou pela experiência de ter investido tempo e recursos para satisfazer desejos que pareciam importantes, mas que na prática se mostraram fúteis e superficiais. Reconheça a experiência para não repeti-la.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Perder ou ganhar devem ser questões irrelevantes perante o panorama complexo que se estenderá ainda por muito tempo. Sem medo de perder nem esperança de ganhar, apenas assim sua alma negociará com liberdade.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Saiba que sua alma está plenamente preparada para segurar o rojão e que, por isso, não é necessário esbaldar-se na ansiedade, que sempre sugere que as coisas sejam maiores do que a capacidade de administrá-las.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

As circunstâncias exigem atitudes rápidas que você não se sente à vontade de executar. Porém, neste momento as circunstâncias têm mais poder do que sua vontade e seria sábio de sua parte fazer essa concessão.

PEIXES 20-2 a 20-3

Deixe que as pessoas gritem e se convençam de estar no comando de tudo. Enquanto isso, faça discretamente tudo que tiver em mente sem atrair a atenção para o seu lado. Realizar e viver bem será sempre a melhor vingança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.