O bem comum

Sol e Plutão em oposição; a Lua que míngua será Vazia a partir das 13h25

Oscar Quiroga, oscar.quiroga@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

27 Junho 2011 | 00h00

Enquanto o bem particular continuar sendo mais desejável do que o bem comum, reunir-se em cidades e construir países também continuará sendo apenas um experimento que no mais das vezes é fracassado. Enquanto cada cidadão e cidadã pensar exclusivamente em seu bem particular empurrando aos semelhantes o cuidado com o bem comum, o caos dominará as cidades e o crime vencerá de goleada todo o esforço de promover a ética e a moralidade. Só quando o bem comum for prioridade e essa tendência estimulada na mais tenra idade em todos os seres humanos, a reunião em países e cidades começará a ter em seu ventre a promoção de uma sociedade justa, onde todas as pessoas tenham oportunidade de progredir estudando, trabalhando e se divertindo.

ÁRIES 21-3 a 20-4

A boa vontade de atender aos assuntos menores e corriqueiros será sobrelevada pelos acontecimentos mundiais que afetarão sua vida. Mantenha a vigilância sobre as tendências que se prefiguram para não ser pego de surpresa.

TOURO 21-4 a 20-5

Sua alma se viu obrigada a participar de negociações com as quais não concorda nem remotamente. Porém, tornou-se inevitável sua presença nelas e isso deve servir para dar a devida atenção, a despeito do desgosto.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Tratar dos assuntos importantes que estão em marcha, mas que empacaram, com atitudes irritadas, só fará com que se compliquem além da conta. Faça o necessário para conter sua irritação, ainda que isso pareça impossível.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Enfrentar em campo aberto as pessoas que teimam em provocar problemas pareceria justo e necessário, mas no momento não é propício, em absoluto. Divida esses problemas e enfrente, por enquanto, os menores.

LEÃO 22-7 a 22-8

Evite cair no conto das facilidades, porque o momento não comporta atalhos nem maneiras rápidas de superar as circunstâncias reinantes. Melhor aceitar a realidade como ela é para, depois, superá-la vitoriosamente.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Passe em revista seus desejos para conferir se não há neles algum mal embutido que se mascare de legitimidade. É bastante comum que os seres humanos sejam os responsáveis dos problemas sobre os quais depois se queixam.

LIBRA 23-9 a 22-10

Todo mal deve ser cortado pela raiz para que nunca mais volte a se desenvolver. Essa atitude é difícil de tomar, pois em muitos casos atinge relacionamentos de longa data com pessoas próximas e familiares.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Quanto mais você tentar se explicar para desfazer um mal-entendido, mais as pessoas acreditarão nele e o tiro sairá pela culatra. Deixe as informações erradas se esgotarem por si sós, não lute contra elas.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

A melhor ajuda com que os amigos podem brindar você nem sempre chega na forma de uma mão compassiva e doce, mas na de um empurrão forte para que você recupere o juízo e continue no caminho da retidão.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Por que você se importaria com a opinião das pessoas justamente no momento em que a ação necessária é, também, a mais impopular de todas? Alguém precisa fazer o necessário e a alma escolhida para isso é a sua.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

É melhor você encontrar lazer e divertimento nas necessárias tarefas que precisam ser cumpridas, porque certamente elas vão imperar sobre quaisquer outras perspectivas que você desejaria experimentar.

PEIXES 20-2 a 20-3

É tentador lançar mão de atitudes agressivas para dar fim ao que sua alma considera injusto. Porém, a eficiência de tais atitudes seria muito pequena, inclusive incorrendo no perigo de o tiro sair pela culatra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.