O adeus ao cantor e ator Tony Martin

O cantor e ator Tony Martin, conhecido por suas interpretações românticas e por seu casamento de 60 anos com a dançarina Cyd Charisse, morreu aos 98 anos de causas naturais na última sexta-feira, quando estava em casa, em West Hollywood. "Ele morreu pacificamente", disse Stan Schneider, que foi amigo e empresário de Martin durante mais de 45 anos. Martin começou como saxofonista em São Francisco e, a partir da década de 1930, se tornou ator de filmes em Hollywood. Mas seu maior sucesso foi como cantor, com sucessos como Stranger in Paradise (1954), There's no Tomorrow (1950) e Walk Hand in Hand (1956). / REUTERS

O Estado de S.Paulo

01 de agosto de 2012 | 03h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.