Felipe Rau/AE
Felipe Rau/AE

Novos bares transformam a Vila Madalena em São Paulo

Leva de bares e restaurantes recém-chegados está mudando o bairro boêmio da zona oeste

Saulo Yassuda, O Estado de S. Paulo

29 de janeiro de 2011 | 10h00

Madalena não é mais a mesma. Conhecida pelos bares em que o chope e a cerveja são as atrações principais, a região boêmia sempre esteve aberta a novidades. Mas sua última leva de inaugurações, que começou em outubro e deve continuar pelos próximos meses, aponta para uma possível mudança de perfil. Ou de perfis: Madalena está passando por um momento de múltiplas personalidades.

Em vez de esfriar, sua cena boêmia está cada vez mais variada. A gastronomia, por sua vez, vem ganhando mais endosso. As opções de compras - especialmente as lojas que convidam a 'programas de mulherzinha' - seguem se multiplicando. E novas torres comerciais chamam a atenção pela área.

Para mapear esses lançamentos, montamos um gráfico que mede o ‘grau de novidade’ de cada um deles.

A alta se dá em locais de perfil inédito na região. Nos pontos intermediários, estão aqueles que inovam sem perder o jeito despojado da Vila. E ocupam a região mais baixa os que seguem a receita de sucesso do bairro.

Nosso 'novidadômetro' não determina a qualidade dos estabelecimentos - afinal, só selecionamos os destaques dessa nova safra. É apenas um termômetro de inovação para ajudá-lo a conhecer essas casas tão diversas.

Dependendo de sua disposição, você escolhe a aventura do dia. Ou volta à sua mesa de sempre, no boteco de sempre, se toda essa novidade cansar.

Questão de escala

O gráfico abaixo é um ‘novidadômetro’. Ele mostra o grau de ineditismo dos estabelecimentos recém-abertos na Vila, em relação aos antigos - em ordem cronológica de inauguração (clique na imagem para aumentar).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.