Novo site vai arquivar e difundir documentários latinos

O objetivo é conservar, divulgar e distribuir na internet o enorme patrimônio latino-americano

Efe,

07 de setembro de 2011 | 16h00

Uma equipe de gestão cultural lançou nesta terça, 11, em Buenos Aires o site Docfera, uma plataforma pioneira na qual o público terá acesso ao maior arquivo digital do mundo de documentários latino-americanos. O objetivo é conservar, divulgar e distribuir na internet o enorme patrimônio documentário latino-americano nos mais diversos formatos digitais, com a maior qualidade disponível, explicou Andrea Hirsch, quem dirige a equipe. O site também ajudará produtores a divulgar sua obra e receber online seus direitos autorais. Hirsch é filha de Paul Hirsch, gerente da fundação argentina Antorchas, da brasileira Vitae e da chilena Andes. Ela explicou que o Docfera tem como principal público universidades e escolas de todo o mundo, e está recebendo o apoio de várias prestigiosas casas de altos estudos. O site permite busca de conteúdos do arquivo, com um sistema totalmente racional e preciso e outro intuitivo e amigável, informou. O formato de busca amigável, segundo Hirsch, é orientado para usuários mais jovens, habituados a explorar na internet de uma maneira menos específica, através de tópicos e idéias-chave, sem saber exatamente o que se pode encontrar. O Docfera inclui um módulo que permite criar festivais de cinema virtuais. Os membros do júri podem estar em diferentes partes e assistir, discutir, comentar e votar nos filmes. Para Andrea Hirsch, o Festival On Line permite organizar competições com figuras cada vez mais prestigiosas que, por questões de agendas, custos e compromissos, muitas vezes não podem comparecer aos diferentes lugares onde acontecem os eventos. Os produtores podem vender seus documentários de maneira segura, com proteção de direitos autorais, sob o protocolo DRM, que estabelece os níveis de reprodução e cópia de cada obra, acrescentou. Além disso, o sistema permite que os autores acompanhem o destinos de suas obras e de sua renda. A equipe dirigida por Hirsch começou a divulgar o Docfera no ano passado, em diferentes países. A iniciativa ganhou o apoio do Goethe Institut, da University of Southern California, da Universidad del Cine de Buenos Aires, da Associação Cultural Vídeo Brasil e do Museu Latino-americano de Buenos Aires, entre outras entidades.

Tudo o que sabemos sobre:
Documentários latino-americanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.