Novo prêmio de arquitetura anuncia vencedores

Arquiteto Fernando Forte é escolhido por projeto na Serra da Mantiqueira

O Estado de S. Paulo

12 de março de 2014 | 16h58

Foram anunciados os vencedores do 1.º Prêmio de Arquitetura AkzoNobel, realizado em parceria com o Instituto Tomie Ohtake. O arquiteto Fernando Forte, da FGMF Arquitetos, foi o vencedor pelo projeto Casa Grelha, realizado na Serra da Mantiqueira, em São Paulo. Ele ganhou uma passagem para Pequim, na China. O segundo lugar ficou para Juan Pablo Rosenberg, da AR Arquitetos, que recebeu uma passagem para Moscou pela obra Casa dos Pátios, em São Paulo. O terceiro vencedor foi o projeto Commons Studio Bar em Salvador, criado pelo arquiteto Alexandre Prisco (A&P Arq. e Urbanismo). Seu prêmio foi de uma passagem para a Cidade do México.

O júri responsável pela escolha dos premiados foi composto pelos arquitetos Julio Katinsky, Marta Bogéa, Paulo Jacobsen, Pedro Nitsche e Paulo Miyada. Eles selecionaram os vencedores entre 95 projetos inscritos. O 1.º Prêmio de Arquitetura Akzonobel, promovido pela companhia de tintas e revestimentos, ainda concedeu menções honrosas a Fernando Maculan, Daniela Hopf Fernandes e Rochelle Rizzotto Castro. Uma exposição sobre as obras premiadas ficará em cartaz no Instituto Tomie Ohtake até dia 11 de maio.

Instituto Tomie Ohtake

Av. Faria Lima, 201 (Entrada pela Rua Coropés) - Pinheiros, São Paulo - SP

Fone: 11.2245-1900

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.