´Novo´ livro de Tolkien é publicado 34 anos após sua morte

Um "novo" livro de J.R.R. Tolkien chegará às livrarias do Reino Unido e dos Estados Unidos nesta terça-feira, 16, mais de 30 anos após a morte do escritor. A obra pode ser a última póstuma completa de Tolkien.O filho e executor literário de Tolkien, Christopher, criou The Children of Hurin (As Crianças de Hurin, em tradução livre para o português) a partir dos manuscritos de seu pai e disse que procurou fazê-lo "sem qualquer intervenção editorial".O novo livro, cuja história já tinha sido narrada de maneira fragmentada em O Silmarillion, lançado em 1977, tem um tom mais sombrio que O Hobbit e O Senhor dos Anéis."Não se trata de um novo Harry Potter", disse David Brawn, diretor da editora HarperCollins (uma divisão da News Corporation), que publica os livros de J.R.R. Tolkien.A história acontece antes das aventuras narradas em O Senhor dos Anéis e traça a narrativa trágica de Turin e sua irmã Nienor, que são amaldiçoados por Morgoth, o primeiro Senhor das Trevas.CinemaBrawn disse que a tiragem inicial do novo livro, que tem ilustrações do premiado com o Oscar Alan Lee, é de 500 mil exemplares. Ele disse ainda à Reuters que Christopher, que não concede entrevistas, quis chamar a atenção das pessoas de volta aos escritos de Tolkien, após o sucesso enorme da trilogia cinematográfica de Peter Jackson baseada em O Senhor dos Anéis. O Hobbit provavelmente também será transposto para o cinema.De acordo com Brawn, há estúdios de Hollywood ansiosos para comprar os direitos do novo livro para o cinema."Mas queremos que ele primeiro desfrute sua vida plenamente como livro", disse o editor.Indagado se é justo supor que The Children of Hurin será a última obra "nova" de Tolkien a ser lançada, Brawn respondeu: "Acho que essa é uma suposição justa. Existem outras narrativas no Silmarillion que poderiam ser desenvolvidas, mas nenhuma delas têm tanto texto já pronto".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.