Novo "Jornal da Globo" vem engessado

Não fosse pela presença de Christiane Pelajo na bancada, já que William Waack costumava substituir Ana Paula Padrão em suas ausências, não há diferença no enfoque das reportagens, na edição das notícias e no jornalismo redondinho e engessado que a Globo costuma fazer, no novo Jornal da Globo.O programa teve média de 14 pontos, com 40% de participação do share, como costumava registrar no Ibope, antes da saída de Ana Paula, que conferia mais credibilidade ao programa. Talvez pela sisudez, a Globo decidiu colocar a ex-Globo News Christiane Pelajo ao lado de Waack. De blazer amarelo, luzes loiras no cabelo, maquiagem carregada e interjeições e pontuações construídas pela fonoaudióloga Glorinha Beuttenmüller - a responsável pelo treino das vozes de nove entre dez jornalistas globais - ela talvez combinasse à frente de um programa para apresentar os indicados ao Oscar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.