Novo <i>Harry Potter</i> sairá com 12 milhões de cópias nos EUA

A editora Scholastic afirmou nesta quarta-feira, 14, que vai lançar um recorde de 12 milhões de cópias na primeira edição nos Estados Unidos de Harry Potter and The Deathly Hallows (Harry Potter e as Insígnias Mortais, em tradução para o português), que chega às lojas do país e do Reino Unido em 21 de julho. O lançamento do sétimo e último livro da série da autora britânica J.K. Rowling terá uma campanha de marketing milionária e deve ser um dos maiores eventos dos últimos anos no mercado de publicação de livros. Há especulações de que a autora possa matar o protagonista de suas histórias no último livro. Os livros da série Harry Potter venderam 325 milhões de cópias e foram traduzidos para 64 línguas, além de terem dado origem a quatro filmes. O quinto filme, Harry Potter e a Ordem da Fênix, chegará aos cinemas dos EUA e do Reino Unido uma semana antes do lançamento do novo livro. A primeira edição de Deathly Hallows quebra o recorde de 10,8 milhões de cópias do sexto livro, Harry Potter e o Enigma do Príncipe, em 2005. Esse livro vendeu 6,9 milhões de cópias nas primeiras 24 horas, disse a Scholastic. No Reino Unido, foram adquiridas pelos fãs mais de duas milhões de cópias no primeiro dia, fazendo com que o livro se consagrasse como o que foi vendido até hoje mais rapidamente, de acordo com a editora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.