Novo edifício do Tate Modern custará R$ 870 milhões

Uma das atrações turísticas mais populares de Londres, o museu Tate Modern, ganhará uma expansão em suas instalações em Southwark, bairro do sul da capital britânica. O novo edifício deve custar cerca de 215 milhões de libras (R$ 870 milhões). Com a reforma, o museu espera se transformar num símbolo da ?criatividade britânica?.A decisão de se ampliar o museu foi tomada por causa do imenso volume de visitantes - cerca de quatro milhões de pessoas por ano, mais do que o dobro da capacidade prevista inicialmente.O projeto do novo edifício ficou por conta do prestigioso escritório de arquitetura suíço Herzog & de Meuron, que é responsável pelo projeto original do Tate Modern - construído em uma velha usina de energia - e pelos estádios Allianz Arena, do Bayern de Munique e Olímpico de Pequim.O Tate Modern terá sua capacidade ampliada em 60%, com mais 23 mil m² de área. Os projetos foram encaminhados para as autoridades de Londres para obter as permissões de construção necessárias. O prazo previsto para o término das obras é 2012, quando Londres sediará os Jogos Olímpicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.