Novo Conservatório UFMG é inaugurado hoje

A capital mineira ganha hoje um novo e moderno espaço cultural. Localizado no prédio da antiga Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na Avenida Afonso Pena, o novo Conservatório UFMG será inaugurado depois de quase dois anos de obras, ao custo de cerca de R$ 1,5 milhão. Tombado pelo Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha) e pela Secretaria Municipal de Cultura de Belo Horizonte, o local teve recuperadas suas características originais, que datam de 1926, por uma iniciativa da UFMG e da Fundação de Desenvolvimento e Pesquisa (Fundep), que bancou as obras.O novo espaço foi desenvolvido para abrigar diversos tipos de manifestações culturais, e não apenas música. Terá museu, salas de exposição, auditórios com tratamento acústico, equipamentos para teleconferências, restaurante, uma loja da Editora UFMG e salas de aulas. Toda esta estrutura foi feita para a realização de palestras, cursos de extensão, lançamento de livros e encontros.Além da restauração do prédio, com projeto do arquiteto Gaston Oporto, professor da Escola de Arquitetura da UFMG, foram feitas algumas melhorias para garantir conforto aos usuários, como isolamento acústico e implantação de um sistemas de transmissão de dados através de linhas de telefonia digital.As obras começaram em novembro de 1998 e a primeira etapa acaba de ser concluída. A próxima prevê a construção de um prédio de três andares, no pátio interno, que abrigará o Museu UFMG, cujo embrião está sendo instalado no prédio restaurado. Conservatório UFMG - Av. Afonso Pena, 1.534, Centro. De segunda a sábado, das 10 às 17 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.