Novo complexo no Anhembi vai sediar megaeventos

Ainda na esteira dos 450 anos de São Paulo, a Skol e o Anhembi anunciaram ontem uma parceria para construção da Arena Skol Anhembi - espaço com 25 mil metros quadrados, capacidade para 37,5 mil pessoas e infra-estrutura fixa para produção de megaeventos. Com o pretexto de "presentear a cidade", a iniciativa deve movimentar a agenda paulista de entretenimento. A arena será construída no espaço reservado para a concentração das escolas de samba, no Complexo do Anhembi."Será um espaço para uso múltiplo com facilidade para montagem dos eventos. Podemos abrigar aqui tanto eventos esportivos como grandes shows. Os estádios de futebol, além de poucas datas, precisam de várias adaptações e muitos shows acabam nem vindo para o Brasil", disse o presidente da Anhembi Turismo e Eventos, Celso Marcondes, durante apresentação do projeto. A obra prevê um camarote para 250 pessoas, 160 banheiros fixos, seis bares, postos médicos e policiais, bilheterias e um centro de controle e organização.Como a conclusão do projeto está prevista para setembro, ainda não se sabe qual será o evento de inauguração da arena. A diária do espaço foi fixada em R$ 34 mil, mas os três primeiros contratos terão preço promocional de R$ 24 mil. Produtor do festival Porão do Rock em Brasília, Gustavo Sá já declarou interesse em realizar a primeira edição paulista do evento na Arena Skol Anhembi. "Eu espero que aconteça aqui, o espaço tem formato e tamanho adequados para o que queremos. Quero trazer grupos internacionais de rock, como Foo Fighters, Queens Of The Stone Age e System Of a Down."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.