Novela terá legenda para deficientes auditivos

A reprise da novela Força de Um Desejo, que em breve será exibida no Vale a Pena Ver de Novo, será a primeira da Rede Globo a utilizar o closed caption, sistema que permite a leitura do que é dito por atores e apresentadores na TV em tempo real, para os portadores de deficiência auditiva.A emissora, que já conta o serviço em programas como Jornal Nacional, Zorra Total e A Grande Família, pretende colocar o closed caption também em suas novas novelas. Belíssima, próxima trama das 9 da emissora, deve ganhar o sistema. Acionado por um simples controle remoto, o closed caption só funciona quando as emissoras transmitem o sinal da programação para um local onde ficam estenotipistas, profissionais capazes de digitar cerca de 220 palavras por minuto. Quase simultaneamente, o sinal codificado é repassado para a casa dos telespectadores, captado por um processador instalado em cada televisor. A Globo, no caso, envia o seu sinal para Centeio Informática que produz os textos e a Voicer Caption utiliza um software desenvolvido pelo emissora para exibi-los. A rede foi a primeira a investir na tecnologia, disponibilizando o Jornal Nacional em closed caption a partir de 1997. O processo para passar uma novela já pronta para o closed caption é demorado. Cada capítulo demanda em média 10 horas para ser traduzido e revisado antes de entrar no sistema. A intenção da emissora é, em breve, disponibilizar o serviço em toda sua programação. O SBT ensaia há muito utilizar o sistema em suas transmissões e fez seu primeiro teste da tecnologia no ano passado, disponibilizando a maratona televisiva Teleton em closed caption.

Agencia Estado,

19 de setembro de 2005 | 12h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.