Reprodução
Reprodução

Nova York dos anos 40 no olhar de Feininger

Museu é o primeiro na América Latina a oferecer ao público o olhar singular do fotógrafo

AE, Agência Estado

24 de março de 2011 | 15h26

Começa neste sábado, 26, a exposição Andreas Feininger - Nova York anos 40, no Museu Lasar Segall, na zona sul de São Paulo. Ao todo, são 93 fotos do norte-americano de origem alemã que retratam a arquitetura e o cotidiano da metrópole. A entrada é gratuita, e a mostra fica em cartaz até 26 de junho.

O museu é a primeira instituição na América Latina a oferecer ao público o olhar singular deste fotógrafo autodidata, segundo comunicado do Lasar Segall, que é ligado ao Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), do Ministério da Cultura (MinC).

"Dentro da enorme produção do fotógrafo, o recorte escolhido para esta mostra é de uma Nova York da década de 1940, dando ênfase ao interesse de Feininger pela vida urbana da primeira metade do século XX, não em seus conflitos, mas em suas utopias, os amplos planos revelando a grandeza e a modernidade da megalópole que se formava naquele período, incluindo aí seus contrastes", diz o comunicado.

A realização da mostra de Feininger (1906-1999), filho do pintor Lyonel Feininger (1871-1956), um dos fundadores da Bauhaus, contou com o apoio de Thomas Buchsteiner, diretor da Fundação Feininger, em Tübingen (Alemanha). A curadoria é de Jorge Schwartz e Marcelo Monzani.

Serão expostas também câmeras utilizadas pelo fotógrafo, além de um mapa de Manhattan da época com anotações de lugares por onde captou as imagens que fazem parte da mostra. A exposição tem ainda exemplares da revista Life, com imagens que o tornaram conhecido como um dos pioneiros do fotojornalismo. Ele trabalhou na publicação de 1943 a 1962; a partir daquele ano atuou como free-lance até a década de 1990.

De acordo com o comunicado enviado à imprensa, no dia da abertura da exposição será lançado o catálogo "Andreas Feininger. Nova York anos 40", com apresentação de Schwartz e Monzani, e texto de Buchsteiner. O catálogo é uma publicação do Museu Lasar Segall, com 120 páginas, impresso na Imprensa Oficial do Estado de São Paulo. Custará R$ 40, mas será vendido por R$ 30 no dia do lançamento.

Formado em arquitetura, o fotógrafo, que chegou a ser assistente de Le Courbusier, em Paris, mudou-se para Nova York em 1939 e iniciou seu trabalho em uma agência da cidade. Entre 1941 e 1942, colaborou para o escritório de informação da guerra do governo dos Estados Unidos (U.S. Office of War Information). Ele também publicou livros sobre técnicas fotográficas.

Andreas Feininger - Nova York anos 40 -  De 26 de março a 26 de junho de 2011. Museu Lasar Segall - IBRAM - MinC (Rua Berta 111, Vila Mariana), telefone: 11 5574-7322. Funcionamento: terça a sábado e feriados, das 14h às 19h; domingos, das 14h às 18h. Entrada gratuita

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.