Nova sede do MAC causa polêmica

Mesmo antes de ser construída, a nova sede do MAC tem provocado discussão. Arquitetos reclamam que a escolha do projeto foi "pouco democrática" e o caso já foi parar no Ministério Público. "Estão fazendo tudo de maneira totalmente irregular para um museu público", reclama o presidente do Departamento de São Paulo do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), Gilberto Belleza. "Se fosse um particular, eles poderiam contratar quem quisessem, mas o que há no MAC é do povo paulista", continua, lembrando que estrangeiros precisam de autorização para trabalhar no País. A presidente da Associação dos Amigos do MAC, Elmira Nogueira Batista, rebate. "A única coisa que estamos fazendo é colaborar para a maior divulgação da arte no Brasil e fora daqui", afirma. Segundo ela, a intenção inicial da entidade era fazer um concurso com oito concorrentes estrangeiros e oito brasileiros, mas a associação não encontrou patrocínio e o apoio de R$ 100 mil do Ministério da Cultura, pela Lei Rouanet, só possibilitou a participação de quatro pessoas. Elmira diz ainda que, para atuar no Brasil, o vencedor do concurso se aliará a algum escritório nacional e preços ainda não estão definidos. Para o promotor que acompanha o caso, Túlio Tavares, "por enquanto não há indício de dano ao patrimônio público".

Agencia Estado,

05 de setembro de 2001 | 21h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.