Nossa humanidade teórica

Vênus e Urano em quadratura; a Lua é quarto minguante no signo de Escorpião

Quiroga, astro@0-quiroga.com, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2011 | 00h00

De todas as espécies e reinos da natureza, nossa humanidade é a única que não vive intensamente, declarando em cada ato seu propósito e função específica. Em nossa humanidade tudo é, ainda, muito mais teórico do que prático, tudo um discurso que evoca esperança de uma organização justa e próspera da convivência, essa que chamamos de civilização. E não apenas nossa humanidade gasta grande parte do seu tempo em teoria como também elabora teorias sobre teorias, resultando isso em que as mentiras se tornam tanto possíveis quanto também moeda corrente de relacionamentos pessoais e institucionais. Algo de positivo deve haver nisso, mas é difícil encontrá-lo, dá o ar de ser apenas uma tortuosidade perversa de nossa humanidade.

ÁRIES 21-3 a 20-4

O grande caminho é feito de todos os pequenos passos necessários para chegar lá. Quando seus olhos só enxergam o grande objetivo, perdem de vista as pequenas necessidades que devem ser supridas para chegar lá.

TOURO 21-4 a 20-5

O olhar que confia é aquele que incentiva as pessoas a cooperar umas com as outras, enquanto que o que desconfia é o que semeia a discórdia. A prosperidade acontecerá agora apenas a quem confiar no poder da cooperação.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Esta é uma época diferente, na qual é completamente possível perceber com velocidade surpreendente os males que a prática da mentira traz às pessoas que a exercem. Que isso não alimente o medo, mas afirme o espírito!

CÂNCER 21-6 a 21-7

O egoísmo é um vício que drena a energia que poderia ser multiplicada ao relacionar-se abertamente com outras pessoas. Para prosperar, você tem no egoísmo o obstáculo e nos relacionamentos, a facilidade.

LEÃO 22-7 a 22-8

Para tornar a valorizar o tudo que você possui é importante compartilhar, pois dessa forma você recuperará a dignidade de suas posses e, também, o prazer de compartilhá-las

acabará multiplicando-as.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Entre as pessoas sempre há um interesse envolvido, mesmo que para elas seja difícil reconhecê-lo e se mascararem com simpatia e indiferença. É importante levar em conta esta realidade também, saber detectá-la.

LIBRA 23-9 a 22-10

Os relacionamentos de longa data, apesar de ter o conforto da familiaridade, encerram o perigo de tornar-se obstáculos para as transformações em andamento, dado não aceitar nada que seja diferente ao conhecido.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Nunca a transformação da realidade foi vista com bons olhos pela sociedade humana, dado ela acostumar-se às conquistas efetuadas e dormir em cima dos louros. É atributo de pessoas criativas desintegrar esse vício.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Simplificar não é evitar as complicações, mas enfrentá-las e torná-las mais digeríveis. Por isso, em vez de buscar caminhos ilusoriamente fáceis, encare a realidade e dê seu melhor para torná-la mais simples.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

O valor da atividade é muito maior que o dos resultados. Comece a medir a prosperidade através do que você realiza e das potencialidades ocultas na sua alma, deixando os resultados na mão do destino.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Contemple a decadência do poder do mundo, que parecia destinado à eternidade. Desenvolva olhos sábios para saber detectar a verdadeira riqueza que se encontra disponível atualmente e por muito mais tempo ainda.

PEIXES 20-2 a 20-3

De tempos em tempos acontecem coisas que mudam o roteiro programado. Nesses momentos você pode fazer a opção teimosa de seguir de acordo com os planos ou aproveitar a circunstância para se reinventar também.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.