Nos bastidores da ditadura

Num ano muito rico em documentários no cinema brasileiro - Dzi Croquettes, Uma Noite em 67, Terra Deu Terra Come etc. -, Cidadão Boilesen destacou-se de forma muito especial. Desde a redemocratização, em meados dos anos 1980, a produção nacional tem se voltado para a discussão da guerrilha urbana e da repressão do regime militar. O diretor Chaim Litewski usa o personagem do empresário Heinrich Boilesen, executado pela guerrilha, para revelar a ligação política e econômica entre o capital e militares no combate à luta armada durante a ditadura. São revelações muitas vezes surpreendentes, como a que trata do papel da mídia e de quem não apenas foi convivente como colaborou com a repressão. Muita gente - jornais - que hoje posam de democráticos usou o apoio ao regime como alavanca para se consolidar. Impressionante. / L.C.M.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.