Noites de amor, com Wagner como trilha sonora

Não se deixe assustar pelo título - ou pela capa vermelha, sobre a qual a palavra "amor" aparece em diversos idiomas: Night of Love é a estrela de um pacote de lançamentos nacionais que tem em comum reunir em roupagem acessível trechos de grandes gravações do catálogo da Warner Classics. A prática, normalmente, resulta em colchas de retalhos que pouca justiça fazem ao material original. Mas, no caso de Night of Love, o conceito se justifica, com a junção dos portentosos duetos de Tristão e Isolda e Parsifal, de Wagner, sob o comando de Daniel Barenboim à frente da Filarmônica de Berlim. As gravações originais são do início dos anos 90 e, desde então, o maestro já refinou suas interpretações da música wagneriana - como fica claro no Tristão gravado há alguns anos no Scala de Milão. Ainda assim, os duetos são um registro precioso do auge da carreira de dois grandes cantores wagnerianos: o tenor Siegfried Jerusalem e a soprano Waltraud Meier. Uma ressalva: a edição é nacional, mas o português ficou de fora dos textos do encarte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.