No Telecine Cult, a releitura de 'Rei Lear' feita por Godard

Cineasta se questiona sobre o sentido da arte num mundo ameaçado de destruição

Luiz Carlos Merten, do Estadão,

07 Julho 2027 | 12h33

Houve versões de Rei Lear assinadas por Akira Kurosawa, Peter Brook, Grigori Kozintsev e Don Boyd, mas a que o Telecine Cult exibe às 20h15 é especial. Cinéfilo que se preze tem de assistir à releitura que Jean-Luc Godard faz do texto de Shakespeare.   O elenco é formado por Woody Allen, Peter Sellers, Molly Ringwald, Burgess Meredith e Norman Mailer e a história, que nunca é linear na obra do cineasta francês, trata de um descendente do bardo que decide reescrever as peças de seu ancestral, tudo isso no quadro apocalíptico do mundo após o acidente nuclear de Chernobyl.   Godard se questiona sobre o sentido da arte num mundo ameaçado de destruição. Em seu guia de filmes, Leonard Maltin diz que o filme deve ser evitado. Evite o crítico, isso sim.

Mais conteúdo sobre:
Godard, Telecine Cult

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.