No Rio, Lady Gaga visita favela e joga futebol

De mototáxi, com direito a uma parada para uma cerveja e alguns passes de futebol, a cantora americana Lady Gaga subiu a favela do Cantagalo, na zona sul do Rio, para conhecer um projeto social. A visita, na tarde desta quinta-feira, marcou a passagem da cantora pela cidade, onde se apresenta na sexta-feira (9) à noite em sua primeira turnê no País. Animada e escoltada por um forte esquema de segurança, Gaga atendeu aos fãs, conversou com alguns moradores da favela e cantou com crianças do projeto social antes de retornar ao hotel, em Ipanema.

BERNARDO MOURA, Agência Estado

08 de novembro de 2012 | 18h42

"Eu apenas adoro o povo daqui", afirmou a cantora ao chegar na favela, pacificada desde 2009. Além dos batedores que a acompanharam do hotel até a comunidade, cerca de 50 policiais, que atuam na comunidade, ajudaram na segurança da popstar. Do lado de fora do Espaço Criança Esperança, onde ela cantou com crianças do projeto, um grupo de moradores tentou forçar a entrada, o que gerou um princípio de tumulto controlado pelos policiais.

Gaga ainda caminhou pela favela e entrou num bar, chamado Sem Preconceito, com dois dos amigos. No local, ela conversou com os frequentadores, uma dupla de irmãos moradores da favela. "Ela se apresentou, perguntou nossos nomes e pediu uma cerveja. Falou obrigado e disse que nos amava", contou André Luiz dos Santos, um dos frequentadores do bar. A cantora também tentou falar algumas palavras em português, mas não passou de "boa tarde" e "obrigado." Gaga mandou fretar dois ônibus para levar moradores do Cantagalo ao show.

A visita à favela foi a única saída do hotel da cantora desde que chegou ao Rio, na quarta-feira (7). Durante todo o dia, cerca de cem fãs acompanhavam na frente do prédio a movimentação da cantora. Entre eles, um sanfoneiro fazia versões em forró dos hits da cantora e covers tentavam dublar as músicas e mostrar figurinos originais à cantora. "Não saio daqui enquanto ela não vir essa roupa que fiz", disse a passista Victoria Staniecki, que trajava uma roupa feita com balões pretos que custou R$ 600. "Quero que ela veja o modelo para usar em um show."

Por volta das 15h30, a cantora apareceu na sacada vestida apenas com uma camisa da seleção brasileira de futebol. Ela está hospedada numa suíte de luxo com 130 metros quadrados do Hotel Fasano, com banheira com vista panorâmica para o mar de Ipanema. Na varanda, Gaga estendeu uma faixa em que dizia amar o Rio e acenou para os fãs, que gritavam eufóricos pela cantora.

Integrantes da produção da cantora e amigos afirmam que ela está ansiosa com a apresentação no País. "Todos estão ansiosos para ver como o público brasileiro recebe a música pop dela", afirmou o cinegrafista Amilcar Novar, que registra a turnê da cantora para um documentário.

"Ela não esperava que o povo fosse tão simpático e amigo. Pretendemos voltar", contou a amiga Janitka Houbien. Acompanhada pelo pai, Joseph Germanotta, e por um grupo de amigos, a cantora trouxe ao País cerca de 150 pessoas em sua equipe. Para o almoço da comitiva, a cantora pediu camarão e peixe, encomendados em cima da hora pelo hotel.

Lady Gaga se apresenta na cidade na noite de sexta-feira (9), em um show que ficou abaixo da expectativa de vendas de ingressos. Sites de compras coletivas vendem pares de ingressos a preços promocionais e diversas empresas patrocinadoras sorteiam os bilhetes entre seus clientes - inclusive a Prefeitura do Rio. A cantora também se apresenta em São Paulo, no dia 11, e em Porto Alegre, no dia 13.

Tudo o que sabemos sobre:
Lady GagaRioconsolida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.