Divulgação
Divulgação

No Haiti, Wyclef Jean leva tiro na mão

Astro do hip-hop fazia campanha para amigo que é candidato a presidente nas eleições do país

Associated Press

20 de março de 2011 | 18h06

O astro de hip-hop Wyclef Jean se recupera depois de levar um tiro na mão enquanto fazia uma performance em prol da campanha de seu companheiro que está concorrendo a presidente do Haiti.

 

O disparo ocorreu no bairro de Delmas, na capital Porto Príncipe, depois das 23h (horário local) de sábado, 19, disse Joe Mignon, diretor da Fundação Jean Yele. Jean foi levado a um hospital e depois tratado, contou Mignon.

 

O irmão de Jean, Samuel, confirmou que o músico foi atingido. Nem ele nem Mignon têm detalhes adicionais, e um porta-voz da polícia haitiana não foi encontrado para falar sobre o caso.

 

Jean, natural do Haiti, que ganhou fama como integrante do trio de hip-hop The Fugees, voltou a seu país para dar seu apoio musical a Michel 'Sweet Micky' Martelly, um dos candidatos a presidência do Haiti, que realiza o segundo turno eleitoral neste domingo, 20.

 

Na semana passada, Jean participou de um show da campanha de Martelly no subúrbio de Porto Príncipe.

Tudo o que sabemos sobre:
Wyclef JeanHaiti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.