No Dia da Mulher, programações especiais

O Centro Cultural São Paulo presenteia hoje as mulheres com a estréia de Prêt-à-Porter 7, que revela diferentes olhares do universo feminino. O espetáculo reúne três peças curtas dirigidas, escritas e interpretadas pelos atores do Centro de Pesquisa Teatral do Sesc, sob coordenação de Antunes Filho. Quem prefere o cinema, pode conferir Nina, último filme da diva Myriam Muniz, falecida no ano passado. O longa de Heitor Dhalia, com Guta Stresser e Wagner Moura, será exibido às 18 horas e tem entrada franca. O CCBB também reservou atrações para o mês todo.Hoje, a entrada para a Mostra Divinas Mulheres, que exibe 12 filmes cujas estrelas são nomes como Marlene Dietrich, Liv Ullmann, e Audrey Hepburn, é franca. A maioria dos filmes compreende as décadas de 30 a 60, época anterior às divas da TV. A Marca da Maldade, às 15 horas, traz uma poderosa Marlene Dietrich no longa de Orson Welles. Em seguida, às 17h15, Anna Magnani faz jus à beleza da mulher italiana em Belissima, drama de Luchino Visconti que revela o drama de uma mãe que quer a todo custo que sua filha seja uma estrela do cinema. Para fechar o dia, Num Lago Dourado, de Mark Rydell, é a atração das 19h10, trazendo a inesquecível Katherine Hepburn. Durante o mês, outros clássicos continuam a ser exibidos, como O Leopardo, de Luchino Visconti, que traz uma Claudia Cardinale maravilhosa, na sexta, às 15 horas, e no dia 17, às 19h10. Não poderia faltar E Deus Criou a Mulher, que transformou Brigitte Bardot em ícone da beleza feminina, sob a direção de Roger Vadim, na quinta, às 20h15. As mulheres do cinema nacional também têm seu talento reconhecido. O Canal Brasil preparou o Festival da Mulher, que vai exibir durante todo o mês longas e curtas dirigidos por mulheres na mostra O Olhar Feminino, todo dia, às 20 horas. O trabalha destacado de hoje é o premiado Bicho de Sete Cabeças, de Laís Bodanzky, e o especial Em Foco - Mulheres Produtoras, no dia 14, às 18 horas. O Telecine também aproveita a data para exibir clássicos protagonizados por mulheres. Quem não puder conferir Belissima no CCBB, pode assistir hoje, às 19h05, no Telecine Classic. Às 21 horas, Michelangelo Antonioni revela a beleza de Mônica Vitti e Alain Delon em O Eclipse. O GNT dedica também o mês todo às mulheres, com a exibição de documentários, séries e edições especiais de programas semanais. Mulher Procura, nova série do canal, revela o que pensam e sentem as mulheres de 30, a partir do dia 16, às 20 horas. Hoje, às 22h45 o especial Ruthie & Connie conta a história de duas americanas que, na década de 70, ousaram se separar de seus maridos e assumir seu relacionamento homossexual. Durante todo mês, no CCSP, o projeto Chuva de Estrelas traz vozes femininas, consagradas ou iniciantes. Nesta semana, a Banda Bem Nascidos e Mal Criados se apresenta na sexta. No sábado, é a vez de Naná Correia e Banda Aura Tropical. Sábado, Maria Capaz sobe ao palco. A programação continua dia 18, com a apresentação de Ana Carla Vannucchi & Banda Mulher de Amigo Meu. Por falar em vozes femininas, vale lembrar mais uma vez o projeto Mulheres do Brazil do Sesc Pompéia. Os shows começam amanhã, com Joyce e Leny Andrade, às 21 horas. Para quem prefere música eletrônica, a pedida é a noite de sábado no Sirena, em Maresias. As DJs Flávia Carrara e Eli Isawa embalam o público e provam que as mulheres também fazem bonito à frente das pick-ups.Centro Cultural Banco do Brasil - (130 lug.). R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651, metrô Sé. Grátis Centro Cultural São Paulo - R. Vergueiro, 1.000, Paraíso, 3277-3611, metrô Vergueiro. Grátis e de R$ 8 a R$ 12 Sesc Pompéia - R. Clélia, 93, 3871-7700. R$ 8 a R$ 25 Sirena - R. Sirena, 418, São Sebastião, (12) 3865-6681. Sábado, a partir das 22h. Grátis (M) e R$ 80 (H)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.