Jose Patricio/Estadão
Jose Patricio/Estadão

No centro de SP, público da Virada Cultural ainda é pequeno na manhã deste domingo

Tempo nublado e garoa prejudicaram o evento; no palco Cabaré Queer, Lineker, Cida Moreira e Simone Mazzer homenagearam Belchior

João Paulo Carvalho, O Estado de S.Paulo

21 de maio de 2017 | 13h23

A movimentação pelos palcos da Virada Cultural na manhã deste domingo, 21, ainda é discreta no centro de São Paulo. O tempo nublado e a garoa fina prejudicou bastante o evento e, a exemplo do que aconteceu no sábado, 20, houve baixa adesão do público.

No palco Cabaré Queer, na Ipiranga, Lineker, Cida Moreira e Simone Mazzer fizeram uma apresentação enérgica e de muita potência vocal. Uma versão de Back to Black, de Amy Winehouse, e um cover da intensa Não Recomendado, de Caio Prado, foram os principais destaques da performance do trio. O momento mais emocionante, no entanto, ficou por conta da homenagem do trio a Belchior. Na Hora do Almoço foi cantada em coro pelo público. O Cabaré Queer contará ainda com as performances de Jaloo, Rico Dalasam e Linn da Quebrada.

No palco dedicado aos tributos, na Avenida São João, André Frateschi fez homenagem a David Bowie enquanto o talento Filipe Catto emprestou sua voz para interpretar os clássicos de Cássia Eller. As duas apresentações não estavam cheias.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.