Niemeyer é autor do Centro Cultural da República

O governador do Distrito Federal, Joaquim Roriz, prometeu se engajar na luta, junto à iniciativa privada e à União, para a construção do Centro Cultural da República. O projeto é do arquiteto Oscar Niemeyer e ocupará uma área nobre na Esplanada dos Ministérios. O lançamento foi feito hoje, durante a inauguração da Exposição Niemeyer 90 anos, com a presença do governador Joaquim Roriz e doministro da Cultura, Francisco Wefort. A mostra permanecerá aberta ao público até o próximo dia 17, no pavilhão B do Parque da Cidade.O conjunto cultural foi idealizado por Niemeyer desde a construção de Brasília e deverá incluir museu, biblioteca, centro musical, cinemas, galeria de arte, restaurante, bares e lojas. Ficará localizado no eixo monumental, próximo à rodoviária.O projeto, segundo Joaquim Roriz, terá apoio financeiro do Banco Interamericano de Desenvovlimento (BID) com contrapartida do GDF, além da participação da iniciativa privada. Os investimentos devem chegar a US$ 19 milhões.A exposição mostra a vida e a obra do arquiteto. Trata-se do mais completo trabalho realizado sobre a personalidade de Niemeyer, com registro fotográfico de 400 projetos distribuídos em quatro continentes. Além de apresentar todos os módulos onde a exposição foi exibida (São Paulo, Rio de Janeiro e Buenos Aires), em Brasília, a mostra ganhou um painel desenhado por Niemeyer com destaque ao setor cultural de Brasil, no eixo monumental.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.