Nêumanne é premiado por "O Silêncio do Delator"

José Nêumanne Pinto, escritor e editorialista do Jornal da Tarde, recebe hoje, na Academia Brasileira de Letras, o prêmio José Ermínio de Moraes, pelo livro O Silêncio do Delator. Escolhido por unanimidade, ele receberá R$ 75 mil do Grupo Votorantim. Desde 1995 foram premiados Roberto Campos, Evaldo Cabral de Melo e o casal Cícero e Laura Sandroni.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.