Neto da rainha Elizabeth se casa com canadense

Estavam presentes todos os ingredientesde um casamento real britânico: romance, tradição, chuva e umaferoz disputa entre tablóides. Peter Phillips, décimo-primeiro na linha do trono inglês,se tornou no sábado o primeiro neto da rainha Elizabeth a secasar, ao fazer os votos com sua noiva canadense Autumn Kellynum dia chuvoso, na capela do Castelo de Windsor, a residênciada rainha nos arredores de Londres. Phillips, 30 anos, é o neto mais velho da rainha e filho daúnica filha de Elizabeth, a princesa Anne. Ao contrário de seus primos, os princeses William e Harry-- ou de sua irmã, campeã de equitação e atleta olímpica ZaraPhillips --ele sempre ficou longe dos holofotes. Todavia, ele aceitou uma oferta da revista de fofocasHello! de permitir o acesso exclusivo de seus fotógrafos aocasamento por 500 mil libras (cerca de 1,6 milhão de reais). A Hello! chamou o casamento de "um romance de conto defadas que ligou continentes e apagou divisões sociais". O restante da mídia britânica, sempre obcecada porcelebridades, não pôde comparecer, e ficou previsivelmentefuriosa. "Que belo começo para uma vida de casado para o filho daprincesa Anne, Peter Phillips -- enchendo o bolso por conta doacaso de seu nascimento e literalmente vendendo sua avó para arevista Hello!", disparou o Daily Mail. Como é inevitável em casamentos, a especulação seconcentrou em quem seria o próximo. O príncipe Harry deverá apresentar formalmente suanamorada, Chelsy Davy, para a rainha Elizabeth pela primeiravez. A namorada do príncipe William, Kate Middleton, tambémestava na lista de convidados, mas o próprio William não pôdecomparecer porque estava no casamento de um amigo, no Quênia. Phillips e Kelly se conheceram em 2003 no Grande Prêmio deFórmula 1 de Montreal, quando ele trabalhava para a equipe BMWWilliams e ela trabalhava prestando serviços para a BMW. Ele estava determinado a conquistá-la pelo que era, e nãorevelou sua linhagem real. Ela contou que descobriu que estavanamorando um membro da realeza quando o viu num programa detelevisão sobre seu primo, o príncipe William. Kelly, formada pela renomada Universidade McGill do Canadá,foi criada como católica, mas se converteu ao protestantismoantes do casamento. Pela lei britânica, um membro da realezaque se casa com um católico perde o direito ao trono.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.