Nestlé entrega prêmio de literatura

O concurso Viagem Nestlé pela Literatura, que este ano teve como tema Pluralidade Cultural: O Sabor da Diversidade Revelado pela Arte Literária Brasileira recebeu inscrições de 7 mil escolas e vai premiar dez delas. Cerca de 3,5 mil escolas enviaram trabalhos realizados por alunos entre 14 e 18 anos, reunidos em grupos de até 20 participantes e sob a coordenação de uma média de dois professores. Entre as escolas premiadas, quatro são de São Paulo, duas do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Ceará e Piauí. A celebração do resultado acontecerá com um show para convidados, nesta segunda, no Directv Music Hall, que também vai reunir cantores de diferentes pontos do Brasil: Carlinhos Brown, da Bahia, Borghetti, do Rio Grande do Sul, Dominguinhos, de Pernambuco, Almir Sater, de Mato Grosso do Sul e Vânia Bastos, de São Paulo, vão animar a festa. O repertório também está ligado à raiz de cada cantor. Antes de cantar, cada artista vai interpretar trechos de um dos cinco livros indicados no concurso. Entre os clássicos escolhidos, ainda segundo o critério do regionalismo encontam-se obras de Manuel Bandeira (Pernambuco), Rachel de Queiroz (Ceará), Érico Verissimo (Rio Grande do Sul), Fernando Sabino (Minas Gerais) e Jorge Amado (Bahia). Enquanto os grupos realizavam as atividades sugeridas como leituras, debates e oficinas, foram produzidos "diários de bordo", uma espécie de relatório, a fim de comprovar a participação total do grupo no projeto. O trabalho final de cada grupo, de até 20 alunos, foi o desenvolvimento de um texto literário em conjunto, tendo em vista o tema dado. De acordo com a coordenadora do projeto, Martha Avian, o exercício de produção dos diários revelou a criatividade dos participantes. O Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo, um dos vencedores, enviou, por exemplo, uma fita de vídeo para ilustrar suas atividades. O professor Ascânio João Sedrez, diretor do colégio, disse que foram gravadas 12 fitas durante o projeto, editadas em apenas uma. Para Sedrez, o concurso foi importante por incentivar a redescoberta da cultura e dos sabores do Brasil, muitas vezes perdidos. "Nós, que moramos em São Paulo, ficamos alijados das riquezas do regionalismo brasileiro", diz. O texto que trouxe o prêmio para a escola mostrou as descobertas do grupo através de uma receita cujo tempero foi um verdadeiro sincretismo cultural (leia a íntegra de Saborosolhos.Curiosamente, o tema do projeto valoriza o regionalismo e os vencedores do concurso estão distribuídos pelo país. Mas Martha Avian garante que a localização das escolas não teve relação com o critério de escolha dos premiados. Durante a avaliação, a banca examinadora não teve acesso aos dados sobre as escolas, apenas aos trabalhos.Investimentos - Houve um salto entre o número de escolas premiadas no ano passado e neste ano. Segundo o presidente da Fundação Nestlé de Cultura, Carlos Alberto Faccina, a premiação do concurso, que contemplava três escolas, aumentou para dez. O número de escolas inscritas passou de seis mil, no ano passado, para sete mil este ano. "Se premiássemos apenas três seria muito pouco, então ampliamos o universo para dar mais oportunidade". Com isso, o custo do projeto aumentou, mas não muito, segundo ele: passou de R$ 1,7 milhões para R$ 2,2 milhões este ano. Faccina afirma que o retorno de um investimento como este para a empresa é em termos de imagem e responsabilidade social, lembrando que a Nestlé faz 80 anos no Brasil no ano que vem. Cada escola vai receber um prêmio em benefícios equivalentes a R$ 8 mil. O Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo, por exemplo, receberá câmaras de vídeo e aparelhos de som para o laboratório de redação neste valor, segundo o diretor. Cada professor envolvido também receberá R$ 8 mil. Já os alunos receberão mil reais cada.Viagem Nestlé pela Literatura - Show para convidados, com Carlinhos Brown, Borghetti, Dominguinhos, Almir Sater e Vânia Bastos. Segunda-feira, às 20h, no Directv Music Hall. Av. dos Jamaris, 213, tel.: (0-11) 5643-2500, Moema

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.